Dólar Em alta
5,355
13 de junho de 2024
quinta-feira, 13 de junho de 2024
Vitória
24ºC
Dólar Em alta
5,355

Após morte de adolescente, operações da polícia podem ser suspensas na região do Bairro da Penha

POR AGNES MOREIRA

EDIÇÃO E SUPERVISÃO: THAIS ROSSI

O Governador do Estado, Renato Casagrande, teria se comprometido a encerrar as operações policiais, nesse momento, na região do Bairro da Penha, após a morte de um adolescente de 16 anos no Bonfim. A informação é da deputada estadual Iriny Lopes, que informou ter feito contato direto esteve no local na tarde desta sexta-feira (25).

A deputada disse que acompanhou a comunidade, especialmente o coletivo “Mães do Beco”, formado por mães que perderam filhos em operações de militares. “Não é verdade que nos morros e na periferia só moram bandidos. Aqui temos trabalhadores e um número enorme de jovens que precisam de oportunidades, respeito e de condições de vida”, afirmou.

Além da deputada, a Defensoria Pública também está no Bonfim. Procurada, respondeu que está apurando as informações e prestando orientação à comunidade.

A reportagem também procurou a Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesp), que, por sua vez, pediu que o encaminhamento fosse feito a Polícia Militar. Já a PM pediu que a Polícia Civil fosse demandada.

Por nota, a Polícia Civil disse que a ocorrência registrada na noite de quinta-feira (24) no bairro Bonfim, em Vitória, segue sob investigação do Serviço de Investigações Especiais (SIE) do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Segundo a Polícia Civil, a arma apreendida foi encaminhada para o setor do Departamento de Criminalística – Balística, juntamente com as munições. O corpo do suspeito que foi a óbito foi encaminhado para o Departamento Médico Legal (DML) de Vitória, para ser liberado para familiares e ser feito o exame cadavérico.

“Em relação à operação, a demanda deve ser verificada junto à assessoria da Sesp”, respondeu a Polícia Civil.

Crime

Na madrugada desta sexta (25), um adolescente, de 16 anos, foi assassinado no bairro Bonfim, em Vitória, com um tiro no pescoço. Os moradores acusam a Polícia Militar pela morte, após entrar no bairro para realizar uma Operação.

A família do adolescente morto diz que ele não tinha envolvimento com o tráfico. Mas, na tarde desta sexta-feira (25), Polícia Militar afirmou que ele tem duas passagens pela justiça, sendo uma em 2018, quando foi pego com duas armas de fogo, drogas e uma granada. E outra em 2020, quando foi encontrado com uma pistola 9  mm.

Disse também que o adolescente tem tios e irmãos que tem passagem pela polícia e que ele estava com mandado de busca e apreensão. “Seria preso de qualquer forma, por tráfico de drogas”.

Houve protesto por parte dos moradores pelo fim da violência comunidades periféricas do Espírito Santo e um ônibus foi depredado. Segundo a polícia militar, cinco pessoas foram detidas pelo coletivo quebrado.

FOTO DESTAQUE: reprodução

Você por dentro

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Escolha onde deseja receber nossas notícias em primeira mão e fique por dentro de tudo que está acontecendo!

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais Lidas

Notícias Relacionadas