Dólar Em alta
5,355
13 de junho de 2024
quinta-feira, 13 de junho de 2024
Vitória
24ºC
Dólar Em alta
5,355

Pesquisadores descobrem nova espécie de anfíbio no Espírito Santo

Pesquisadores descobrem nova espécie de anfíbio no Espírito SantoUma nova espécie de Cecília (cobra-cega) –  Luetkenotyphlus fredi – foi encontrada na região sul do Estado e está tombada no Instituto Nacional da Mata Atlântica (INMA), em Santa Teresa-ES, e no Museu Goeldi, no Pará. Não há registro dessa espécie em nenhuma outra parte do mundo.

Em 2017, um grupo de alunos do Centro Universitário São Camilo, coordenado pelo biólogo e pesquisador Thiago Marcial de Castro, iniciou um projeto de inventário com os anfíbios e répteis na Mata do Ouvidor, área florestal particular, de propriedade da Usina Paineiras, localizada no município de Itapemirim.

Posteriormente, em 2018, pesquisadores da UERJ – sob a coordenação da Dra. Jane C. F. de Oliveira – descobriram a Luetkenotyphlus fredi (espécie de Cecília), nos remanescentes de floresta do Monumento Natural Estadual Serra das Torres (Monast), que abrange os municípios de Atílio Vivácqua, Mimoso do Sul e Muqui.

Essa é uma das mais de 50 espécies de cobras-cegas ou cecílias já catalogadas. Dos três indivíduos coletados, dois estão tombados no Museu Paraense Emílio Goeldi e um no Instituto Nacional da Mata Atlântica. A parceria para a descrição taxonômica e da espécie foi feita com o Dr. Adriano Maciel, do Museu Goeldi que liderou as avaliações genéticas e morfológicas desta espécie até então desconhecida para a ciência.

Pesquisadores descobrem nova espécie de anfíbio no Espírito SantoDe acordo com o biólogo Thiago Marcial, pouco se sabe sobre essa espécie. “Devido ao pequeno número de indivíduos encontrados até o momento, não são conhecidas ainda informações da história natural da espécie, tal como número de filhotes, dieta, ou mesmo informações mais específicas de horário de atividade ou de como utiliza o substrato nas florestas onde vive”, explicou.

Thiago revela que o nome escolhido para a nova espécie é uma homenagem ao biólogo Dr. Carlos Frederico Duarte Rocha (Fred Rocha), por sua imensa contribuição aos estudos de ecologia de anfíbios e répteis no Brasil e no mundo, além dos esforços para a conservação da Mata Atlântica.

“A descoberta de uma espécie tão rara eleva a importância da biodiversidade capixaba e fortalece a iniciativa da conservação nos ambientes florestais onde foram registradas, podendo ser uma ferramenta para o incentivo à pesquisa, ou mesmo se tornar espécie bandeira, além de dar maior propulsão às políticas públicas em prol da conservação”, analisou Thiago.

O que são Cecílias?

As Cecílias são anfíbios, geralmente, difíceis de serem encontrados na natureza porque estão quase sempre escondidos no solo, e o único método até agora eficiente para coletá-los é cavando com enxadas ou ferramentas semelhantes.

A Luetkenotyphlus fredi é, até o momento, natural do estado do Espírito Santo e restrita às duas localidades onde foi encontrada (Mata do Ouvidor e Serra das Torres), ou seja, esta espécie não é conhecida em nenhuma outra parte do mundo.

Você por dentro

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Escolha onde deseja receber nossas notícias em primeira mão e fique por dentro de tudo que está acontecendo!

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais Lidas

Notícias Relacionadas