Dólar Em baixa
5,600
22 de julho de 2024
segunda-feira, 22 de julho de 2024
Vitória
21ºC
Dólar Em baixa
5,600

Morte de jovem gera reação e ônibus são incendiados em Vila Velha

Um jovem de 18 anos, identificado como Eduardo Pereira Martins, foi baleado e morto por agentes da Ronda Ostensiva Municipal (Romu), na noite dessa quarta-feira (29), no bairro Cobi de Cima, em Vila Velha. Segundo a Guarda do município, Eduardo estava com uma arma em punho apontando-a para outra pessoa e, por isso, a equipe efetuou os disparos.

Em razão dessa ocorrência foram registrados protestos, que terminaram com três ônibus incendiados em bairros nas proximidades da Segunda Ponte, entre os municípios canela-verde e de Cariacica. Além da Guarda, a Polícia Militar (PM) e o Corpo de Bombeiros Militar (CBMES) também estiveram no local para controlar a situação.

De acordo com o CBMES, “o primeiro acionamento ocorreu por volta das 19h, na rua Cesar Alcure, bairro São Torquato, Vila Velha. Populares informaram que indivíduos haviam ateado fogo em um ônibus do sistema Transcol. A equipe foi encaminhada e realizou o combate às chamas”.

Na sequência, segue a nota do Corpo de Bombeiros “os militares foram informados sobre outro ônibus em chamas, na segunda ponte. A mesma equipe se dirigiu até este segundo local, com auxílio da Polícia Militar, e realizou o combate”.

Por fim, às 19h10, informou o CBMES, “ocorreu um novo acionamento para a rua Fernando Antonio, bairro Vasco da Gama, Cariacica. O solicitante informou que havia um ônibus em chamas na via. A equipe de combate foi deslocada e realizou o combate, extinguindo as chamas”.

Em todos os três casos “não houve necessidade de atendimento a nenhuma vítima e, até o momento, não há solicitação de perícia”.

Procurada pela reportagem, a Companhia Estadual de Transportes Coletivos de Passageiros (Ceturb-ES) disse que “ontem [29 de jumho] houve a suspensão de duas linhas que passam na região [de Cobi de Cima, em Vila Velha] e as demais tiveram alteração de itinerário. Porém, hoje [30 de junho], a operação está normalizada”.

Em nota, a Guarda de Vila Velha esclareceu que “tem realizado ações de patrulhamento em áreas onde há maior incidência de crimes, priorizando os locais onde há equipamentos públicos municipais, tendo como apoio a ferramenta de gestão Mapa do Crime”. E ressaltou que “devido às constantes ações nesta região, registrou recentes ameaças a operadores de segurança originadas de grupos criminosos”.

Polícia investiga o caso 

A perícia da Polícia Civil (PC) foi acionada para atendimento da ocorrência. Após finalizar o exame pericial no local, a corporação informou que, no deslocamento das equipes, populares arremessaram pedras contra o rabecão, mas ninguém ficou ferido. “O corpo do suspeito foi recolhido e encaminhado para o Departamento Médico Legal (DML) de Vitória, para ser necropsiado e, posteriormente, liberado para os familiares. O caso seguirá sob investigação do Serviço de Investigações Especiais (SIE) e não há outras informações que possam ser divulgadas”.

Já sobre os ônibus incendiados, a PC disse que “a Delegacia Especializada de Crimes Contra Transporte de Passageiros (DCCTP), subordinado ao Departamento Especializado de Investigação Criminal (Deic), vai investigar o crime”. E destacou que “a população tem um papel importante nas investigações e pode contribuir com informações de forma anônima através do Disque-Denúncia 181, que também possui um site onde é possível anexar imagens e vídeos de ações criminosas, o disquedenuncia181.es.gov.br. O anonimato é garantido e todas as informações fornecidas são investigadas”.

Equipes policiais estão na região 

Procurada, a PM disse que “além do policiamento de rotina, equipes da Força Tática, em escala Iseo, estão saturando a região de Cobi de Cima, Cobi de Baixo e São Torquato. Viaturas em escala especial também estão realizando rondas nos bairros”. Fora isso, a corporação destacou que “denúncias sobre os autores de atear fogo nos coletivos podem ser feitas através do Disque-Denúncia (181). O sigilo e o anonimato são garantidos”.

Texto atualizado em 30 de junho de 2022 às 10h50. Após a publicação, o Corpo de Bombeiros, a Ceturb-ES e a Policia Civil enviaram nota com mais informações. 

Com informações de Dayse Torres

Matheus Passos
Matheus Passos
Graduado em Jornalismo pelo Centro Universitário Faesa, atua como repórter multimídia no ESHoje desde abril de 2021. Atualmente também apresenta e produz o podcast ESOuVe. Ingressou como estagiário em junho de 2019. Antes atuou na Unidade de Comunicação Integrada da Federação das Indústrias do Estado (Findes).

Você por dentro

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Escolha onde deseja receber nossas notícias em primeira mão e fique por dentro de tudo que está acontecendo!

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais Lidas

Notícias Relacionadas