Dólar Em alta
5,355
13 de junho de 2024
quinta-feira, 13 de junho de 2024
Vitória
24ºC
Dólar Em alta
5,355

As imagens condenam

 Passou por aqui, como sempre, mais depressa do que o raio, o “professor” Luiz Inácio Lula da Silva, não se decifrou ainda como, ocupando a presidência da República. Como foi no Estado onde obteve menor quantidade de votos em todos estados, era melhor que não estivesse vindo.

               Prepararam para o visitante que ele protagonizasse um ato mentiroso, da inauguração de uma obra que não está pronta e muito menos se sabe quando totalmente pronta irá ficar, a do contorno da BR-101, para tirar o tráfego pesado de dentro da cidade de Vitória, por onde atravessa em direção ao Sul, local chamado de “Contorno ao Mestre Alvo, e não Alvaro, no município da Serra, prolongamento da BR-101 Norte (como costumava chamar os navegantes, ao avistá-lo do alto mar), para  quem desconhece o  motivo exato da denominação.

               O governo do Estado preparou o local do discurso do “professor” Lula como se fosse ter ali uma assistência monstruosa, como ainda acontece por onde passa o ex-presidente Jair Messias Bolsonaro. A recepção foi  um fracasso, como comprovam as imagens tiradas do local  onde discursou o maior mentiroso do mundo, como ele declara, em diversas oportunidades, que o politico tem que mentir, para enganar o eleitor incauto, se eleger.

               Se não apareceram os que imaginaram fosse para aplaudir o homem da picanha e do pão com linguiça, também não apareceram os que o atormentam por onde passa, com o epíteto “carinhoso” de “ladrão, seu lugar é na prisão”.

               Foi  de uma sabedoria muito grande, o não comparecimento do pessoa do Bolsonaro à imensa praça preparada para  recepcionar o mentiroso. Ficou às moscas.  Certamente que as fotos seriam utilizadas (como muitas), para apagar o som e afirmar-se que o povo esteve presente no local. Para  aplaudi-lo.

               Quando o povo começa a ficar inteligente, é muito bom. É sinal que exigirá mudanças, novas lideranças.

Uchôa de Mendonça
Uchôa de Mendonça
A partir de hoje, aqueles que desejarem perder seu tempo e conhecer melhor as idéias de Uchôa de Mendonça, irá encontrá-lo por aqui, direto e franco, sempre pela direita e pela frente. Uchôa de Mendonça começou a trabalhar em jornal aos 5 anos de idade, em São Mateus, vendendo o Jornal O Norte, de propriedade do seu pai e, aos sete anos, já trabalhava como impressor e, com dez anos, já escrevia tópicos para a página policial.

Você por dentro

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Escolha onde deseja receber nossas notícias em primeira mão e fique por dentro de tudo que está acontecendo!

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais Lidas

Notícias Relacionadas