Dólar Em alta
5,192
29 de maio de 2024
quarta-feira, 29 de maio de 2024

Vitória
26ºC

Dólar Em alta
5,192

Vergonhas acumuladas

Depois que o presidente do Conselho Federal da OAB, Felipe Santa Cruz, decidiu usar a autarquia para patrocinar uma live com o youtuber Felipe Neto (que dispensa referências, situando-se no polo do que há de pior em todos os sentidos, sobretudo na influência nefasta sobre o público jovem e infantil), mais uma vez o Supremo Tribunal Federal, através do inesgotável ministro Gilmar Mendes, protagonizou um dos episódios mais lamentáveis da suicida democracia brasileira.

Com uma autoridade que não tem – todo o poder emana do povo e em seu nome será exercido, mas o de Gilmar Mendes deriva se si mesmo e foi usurpado – o ministro mais uma vez envergonhou e agrediu toda a sociedade brasileira ao participar de um debate, com o presidente vitalício do “Movimento-dos-sem-terra-mas-com-muito-dinheiro”, João Pedro Stédile. Mais uma dessas invenções estúpidas do estúpido Lula da Silva.

Num país razoavelmente sério, um ministro da corte suprema, em situação análoga, teria aproveitado a live para dar voz de prisão a um bandido comum, condenado por crimes diversos.

Mas Gilmar Mendes, novamente, decidiu-se por andar na contramão da ética e da moralidade.

Por um narcisismo patológico, preferiu o deboche, o achincalhe.

Haverá de chegar o dia em comportamento dessa natureza levarão seus protagonistas ao banco dos réus. Gilmar Mendes igualou-se ao que há de pior na delinquência nacional.

O mais lamentável de tudo, novamente, é que mais uma vez sob os auspícios da desmoralizada Ordem dos Advogados do Brasil, transformada pelo corrupto José Dirceu num puxadinho do Partido dos Trabalhadores.

Quando as autoridades perdem a noção da ética e do respeito pelo sentimento do povo, não há mais esperanças.

Estamos nos transformando no país do “eu tenho vergonha”…

Eu tenho vergonha do STF…

Eu tenho vergonha da OAB…

Eu tenho vergonha de ver Jair Bolsonaro na presidência da República…

Eu tenho vergonha de ver Lula da Silva fora da cadeia…

Eu tenho vergonha de ver Alexandre de Moraes caçando boateiros num país que já enterrou mais de 100 mil cidadãos vitimados pela Covid…

Eu tenho vergonha do Congresso Nacional.

Sinto muita saudade dos tempos em que a gente sentia vergonha quando nosso time sofria goleada escatológica nos campeonatos de futebol.

Mais vergonha ainda quando eram rebaixados pela a segunda divisão.

Mas agora a gente sente vergonha é dos que têm a responsabilidade constitucional de defender os interesses do povo.

Nós, brasileiros, não aguentamos mais ver nossas vidas resumidas a Jair Bolsonaro, Lula da Silva, Davi Alcolumbre, Rodrigo Maia, Dias Tóffoli, Gilmar Mendes, Alexandre de Moraes, João Pedro Stédile e Felipe Santa Cruz.

Todos, indistintamente, gente do mau. Gente que torce para tudo dar errado.

Gente que comemora 100 mil mortes por Covid apenas pelos prejuízos político-eleitorais que trazem a Jair Bolsonaro.

Gente que comemora 100 mil mortes na expectativa de que a hidroxicloroquina acabe se revelando eficaz no combate ao coronavírus, porquanto isso representaria a redenção de Jair Bolsonaro.

Defendo há muito tempo a convocação de uma assembleia nacional constituinte. A nossa está defasada. É fruto dos resquícios da ditadura militar. Nem o STF a respeita mais. Pelo contrário, em situações de muito aperto, serve de papel higiênico.

Quero uma nova constituição com apenas dois artigos:

1º – Todo o poder emana do povo e em seu nome será exercido.

2º – Todo cidadão inútil, que não serve aos interesses da nação mais aos seus próprios, será afastado definitivamente da vida pública.

Eu tenho vergonha de quem não sente vergonha.

Sinto mais vergonha ainda de quem não tem vergonha na cara.

Cesar Herkenhoff
Cesar Herkenhoff
César Herkenhoff é graduado e pós-graduado em Psicanálise Clínica. Pós-graduado em Hipnoterapia Ericksoniana. Pós-graduado em Criminologia, Política Criminal e Segurança Pública. Pós-graduando em Direito do Trabalho e Direito Processual do Trabalho. Pós-graduado em Farmacologia Clínica, com especialização em Medicina do Sono. Advogado, Bacharel em Teologia e Bacharel em Comunicação Social. Hipnoterapeuta, membro da Instituto Brasileiro de Hipnologia e da Sociedade Iberoamericana de Hipnologia Condicionativa. Jornalista, radialista e publicitário. Analista Judiciário do Tribunal de Justiça do Espírito Santo.

Você por dentro

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Escolha onde deseja receber nossas notícias em primeira mão e fique por dentro de tudo que está acontecendo!

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais Lidas

Notícias Relacionadas