Contando com grande atuação do goleiro Jefferson, o Botafogo derrotou o Fluminense por 2 a 1, na noite desta segunda-feira, e reagiu no Brasileirão. No encerramento da 5ª rodada, o time alvinegro buscou a vitória no clássico com gols de Rodrigo Lindoso e Kieza, além da atuação decisiva de Jefferson no segundo tempo.

O triunfo levou o Botafogo aos oito pontos na tabela, na sexta colocação. O tricolor, que acumulou chances desperdiçadas no clássico, estacionou nos sete pontos e ocupa a nona posição na classificação.

De olho na briga pela liderança do Brasileirão, o Fluminense começou melhor nesta noite. Com ares de mandante da partida, criou as primeiras e melhores chances de gol e assustou a defesa botafoguense. Aos 12, Sornoza acertou a primeira finalização, de fora da área, testando o goleiro Jefferson.

O Flu exibia maior volume de jogo, tinha maior posse de bola e parecia mais perto de abrir o placar. Mas, quando o visitante demonstrava clara superioridade em campo, o Botafogo tirou o zero do placar. Foi aos 26 minutos, quando Marcinho cruzou na área e Rodrigo Lindoso escorou de cabeça, quase de costas, e acertou o canto: 1 a 0.

O gol do mandante não abalou o Fluminense. E a insistência no ataque foi premiada aos 33. Marcos Junior fez boa jogada com Gilberto e levantou na área para Pedro, que escorou de peito para as redes. Motivado pelo gol, o tricolor foi para cima nos minutos finais e quase virou. Jefferson precisou fazer duas boas defesas para manter o empate no placar.

No segundo tempo, o roteiro se repetiu, para azar do Flu. Quando o tricolor retomava o domínio em campo, o Botafogo anotou o segundo gol. Como aconteceu na etapa inicial, Marcinho cruzou na área e, desta vez, foi Kieza quem cabeceou para o gol, aos 18 minutos.

Com o Botafogo novamente na frente, restou ao Flu partir novamente para o ataque em busca ao menos do empate. O técnico Abel Braga trocou o zagueiro Renato Chaves pelo atacante Pablo Dyego e o goleiro Jefferson passou a acumular boas defesas em série, enquanto Marcos Juniors e Pedro seguiam ameaçando o gol dos mandantes.

Tentando sacramentar a vitória, o técnico Alberto Valentim promoveu a estreia de Aguirre. Mas, diante da postura mais recuada do Botafogo, o atacante uruguaio mal teve chance de levar perigo ao gol de Júlio César. Isso porque, do outro lado, o Flu pressionava a todo custo. Mas a defesa alvinegra assegurava o resultado positivo.

Na próxima rodada, os dois times voltam a jogar no domingo. O Botafogo vai enfrentar o América-MG no Independência. E o Fluminense receberá o Atlético-PR, no Maracanã.

FICHA TÉCNICA:

BOTAFOGO 2 x 1 FLUMINENSE

BOTAFOGO – Jefferson; Marcinho, Joel Carli, Igor Rabello e Gilson; Rodrigo Lindoso (Jean), Matheus Fernandes e Renatinho (Gustavo Bochecha); Luiz Fernando, Kieza e Brenner (Aguirre). Técnico: Alberto Valentim.

FLUMINENSE – Júlio César; Renato Chaves (Pablo Dyego), Gum e Luan Peres; Gilberto, Richard (Robinho), Jádson, Sornoza e Ayrton Lucas (Marlon); Pedro e Marcos Júnior. Técnico: Abel Braga.

GOLS – Rodrigo Lindoso, aos 26, e Pedro, aos 33 minutos do primeiro tempo. Kieza, aos 18 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Renatinho, Carli, Richard, Luan Peres.

ÁRBITRO – Raphael Claus (Fifa/SP).

RENDA E PÚBLICO – Não disponíveis.

LOCAL – Estádio Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ).

Estadao Conteudo
Copyright © 2018 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *