Hemoes_Doacao de Sangue-4A Organização Mundial da Saúde (OMS) celebra nesta quinta-feira (14) o Dia Mundial do Doador de Sangue e, segundo o órgão, apenas 45% do sangue para transfusões na América Latina e no Caribe foi obtido por meio de doação voluntária.

Para doar sangue é preciso ter de 16 a 69 anos de idade, sendo que a primeira doação deve ser feita obrigatoriamente até os 60 anos. Menores de 18 anos só podem doar com a autorização dos responsáveis.

O interessado deve apresentar um documento original com foto, preencher um cadastro com informações básicas e responder a um questionário. Em seguida, passará por triagem para examinar sinais vitais como pressão, pulso e temperatura.

A entrega da Carteira do Doador será entregue após 20 dias da doação.

Verdades sobre a doação

Algumas dúvidas são frequentes entre os possíveis doadores de sangue. Para esclarecer esses equívocos, o Jornal ESHJOJE conversou com a enfermeira que coordena a Hemoterapia do Vitória Apart Hospital, Rosa Maria Correa.

A doação de sangue engrossa ou afina o sangue? “Não, isso é um mito, doar sangue não altera sua composição; mas como todo mito, existe um fundo. Algumas pessoas possuem uma doença chamada poliglobulia, que aumenta a viscosidade sanguínea, e um dos tratamentos é a retirada do sangue”.

É preciso estar em jejum para doar? “Não. A recomendação para o voluntário é que tenha feito uma alimentação mais leve nas últimas três horas. Caso tenha ingerido comidas gordurosas, deve esperar por pelo menos quatro horas antes de doar”.

O período menstrual afeta a doação? “Geralmente, a menstruação não impede a doação. Apenas não é recomendado caso a mulher tenha cólicas ou um fluxo muito intenso no período”.

Quanto se deve esperar entre uma doação e outra? “A recomendação é de os homens respeitem um período de dois meses entre as doações, limitadas a quatro por ano. Já entre as mulheres, o intervalo deve ser de três meses e no máximo três vezes por ano”.

Tenho direito a folga todas as vezes que doar sangue? O voluntário tem direito a uma única folga por ano independentemente do número de doações que ele fizer. A folga está prevista no artigo 473 da Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT) e prevê que o funcionário apresente comprovação para a falta.

Onde doar sangue

A Secretaria Estadual de Saúde oferece, na Grande Vitória e no interior do Estado, cinco locais para doação de sangue:

Hemocentro do Estado do Espírito Santo (Hemoes)
Tel. 3636-7900/7920/7921- Avenida Marechal Campos, 1.468, Maruípe, Vitória. Funciona de segunda-feira a sexta das 07 às 19h (cadastro do doador encerra as 18h20) e sábado, das 7h às 18h (cadastro do doador encerra as 17h20).

Unidade de Coleta à Distância da Serra
Tel. 3218-9429/ 3218-9242. Avenida Eudes Scherrer Souza, s/n (anexo ao Hospital Estadual Dório Silva). Funciona de segunda-feira a sexta-feira, das 07h às 16h (cadastro do doador encerra as 15h20).

Hemocentro de Linhares
Tel. (27) 3264-6000/ 3264-6019 – Avenida João Felipe Calmon, 1.305, Centro (ao lado do Hospital Rio Doce). Funciona de segunda a sexta-feira, das 07h às 16h (cadastro do doador encerra as 12h30).

Hemocentro Regional de Colatina
Tel. (27) 3717-2801 – Rua Cassiano Castelo, s/n, Centro. Funciona de segunda a sexta-feira, das 07h às 16h (cadastro do doador encerra as 12h30).

Hemocentro Regional de São Mateus
Tel. (27) 3767-7957 – Rodovia Otovarino Duarte Santos, Km 02, Parque Washington. Funciona de segunda a sexta-feira, das 07h às 16h (cadastro do doador encerra as 12h30).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *