Amaro Neto, Fabiano Contarato e Sergio Majeski foram os mais votados para a Câmara, Senado e Ales, respectivamente
Amaro Neto, Fabiano Contarato e Sergio Majeski foram os mais votados para a Câmara, Senado e Ales, respectivamente

1º de fevereiro de 2019: começa uma nova legislatura e os eleitos pelos capixabas em outubro do ano passado tomam posse para os mandatos nos próximos quatro anos. Pelo voto popular o Espírito Santo fez uma renovação de seus representantes – dois novos senadores e 50% dos deputados federais e estaduais no ES serão diferentes dos últimos quatro anos.

Em Brasília os senadores Fabiano Contarato (Rede) e Marcos do Val (PPS) estreiam na política, e junto com a senadora Rose de Freitas (Podemos), formam a bancada capixaba no Senado. Os dois foram eleitos com a bandeira da segurança e iniciam os mandatos de oito anos. Rose tem mais quatro anos pela frente. A cerimônia de posse dos 54 senadores eleitos em outubro começa às 15h, no Plenário do Senado. Em seguida, devem ser escolhidos o presidente do Senado e a nova Mesa Diretora, que coordenarão os trabalhos da Casa nos próximos dois anos.

Ainda na capital do Brasil os representantes do Espírito Santo são Sergio Vidigal (PDT), Paulo Foletto (PSB), Helder Salomão (PT), Evair de Melo (PP) e Norma Ayub (DEM), que foram reeleitos. E, com eles, os novos Amaro Neto (PRB), Felipe Rigoni (PSB), Da Vitoria (PPS), Soraya Manato (PSL) e Lauriete (PR).

A bancada já iniciará alterada, uma vez que Foletto vai se licenciar assumingo a secretaria de Estado da Agricultura, a convite do governador Renato Casagrande. Em seu lugar assumirá o comunicador Ted Conti (PSB), primeiro suplente. Os deputados eleitos para a 56ª legislatura da Câmara dos Deputados serão empossados às 10h, em sessão no Plenário Ulysses Guimarães.

alesNa Assembleia Legislativa a 19ª Legislatura (2019-2023) começa nesta sexta-feira, em cerimônia às 10 horas, e vai até 31 de janeiro de 2023. Foram reeleitos Bruno Lamas (PSB), Dary Pagung (PRP), Doutor Hércules (MDB), Enivaldo dos Anjos (PSD), Erick Musso (PRB), Doutor Hércules (MDB), Enivaldo dos Anjos (PSD), Erick Musso (PRB), Euclério Sampaio (DC), Hudson Leal (PRB), Janete de Sá (PMN), José Esmeraldo (MDB), Marcelo Santos (PDT), Marcos Mansur (PSDB), Rafael Favatto (Patriota), Raquel Lessa (Pros), Sergio Majeski (PSB) e Theodorico Ferraço (DEM).

Os novos deputados, em sua maioria tem relação com a segurança pública. Foram eleitos os militares Capitão Assumção (PSL), Coronel Alexandre Quintino (PSL), os delegados Danilo Bahiense (PSL) e Lorenzo Pazolini (PRP). E ainda Adilson Espíndula (PTB), Alexandre Xambinho (Rede), Carlos Von (Avante), Dr. Emílio Mameri (PSDB), Fabrício Gandini (PPS), Iriny Lopes (PT), Luciano Machado (PV), Marcos Garcia (PV), Renzo Vasconcelos (PP), Torino Marques (PSL) e Vandinho Leite (PSDB).

Senadores
Fabiano Contarato – Rede
Marcos do Val – PPS
Rose de Freitas – Podemos

Deputados federais
Amaro Neto – PRB
Felipe Rigoni – PSB
Da Vitoria – PPS
Helder Salomão  – PT
Sergio Vidigal – PDT
Soraya Manato – PSL
Norma Ayub – DEM
Paulo Foletto – PSB
Lauriete – PR
Evair de Melo – PP

Deputados estaduais
Adilson Espíndula (PTB)
Alexandre Xambinho (Rede)
Bruno Lamas (PSB)
Capitão Assumção (PSL)
Carlos Von (Avante)
Coronel Alexandre Quintino (PSL)
Dary Pagung (PRP)
Delegado Danilo Bahiense (PSL)
Delegado Lorenzo Pazolini (PRP)
Doutor Hércules (MDB)
Dr. Emílio Mameri (PSDB)
Enivaldo dos Anjos (PSD)
Erick Musso (PRB)
Euclério Sampaio (DC)
Fabrício Gandini (PPS)
Hudson Leal (PRB)
Iriny Lopes (PT)
Janete de Sá (PMN)
José Esmeraldo (MDB)
Luciano Machado (PV)
Marcelo Santos (PDT)
Marcos Garcia (PV)
Marcos Mansur (PSDB)
Rafael Favatto (Patriota)
Raquel Lessa (Pros)
Renzo Vasconcelos (PP)
Sergio Majeski (PSB)
Theodorico Ferraço (DEM)
Torino Marques (PSL)
Vandinho Leite (PSDB)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *