Dólar Em baixa
5,600
22 de julho de 2024
segunda-feira, 22 de julho de 2024
Vitória
21ºC
Dólar Em baixa
5,600

Carnaval evidencia a importância da cultura do samba para as comunidades

O Brasil é conhecido internacionalmente por ser o país do samba no pé. Foi por meio da festividade do Carnaval que o ritmo se popularizou, principalmente com os desfiles das escolas de samba. É por conta disso que, todo vez que alguém menciona o gênero musical, a folia logo vem a mente.

Em um mês o grande evento de momo na cidade de Vitória dá o sinal verde para a festa no resto do Brasil. De 10 a 12 de fevereiro acontece o Desfile das escolas de Samba, no Sambão do Povo, com as apresentações de 7 escolas do Grupo Especial, 7 do Grupo de Acesso A e outras 5 do Acesso B.

Dos bloquinhos às escolas de samba

Também conhecido pelos famosos bloquinhos de rua, fantasias coloridas e grandiosos carros alegóricos, o carnaval é mais do que uma comemoração. Até feriado e ponto facultativo acontecem nos dias da festividades, que fazem parte do calendário oficial do Brasil.

Seja pela diversão e entretenimento ou pelas oportunidades econômicas de geração de trabalho e renda, o evento evidência a importância da cultura do samba na vida de muitas pessoas, seja por questões financeiras ou sociais.

De acordo com o presidente da Liga Independente das Escolas de Samba do Grupo Especial de Vitória (LIESGE), Edson Neto, a folia impacta vários setores, entre eles comércio, turismo e serviços. “O Carnaval gera empregos tanto na realização do evento em si, quanto nos envolvidos na cadeia do samba, como as agremiações e quem faz parte dela”, pontuou.

Intitulado obra-prima do patrimônio oral e imaterial da humanidade pela Unesco no país em 2005 e o primeiro gênero musical a receber este titulo no Brasil, o samba tem grande importância não só na formação da identidade nacional, mas também na linguagem de integração e engajamento entre comunidades.

Para o diretor de marketing da LIESGE, Patrick Rocha, o samba é, para muitas famílias, um sustento primordial.

“As escolas são polos culturais ativos o ano inteiro, criando uma movimentação nas comunidades com os eventos, oficinas e projetos sociais, o que faz desses espaços uma fonte rica para circulação da economia criativa”

Segundo ele, os barracões são ambientes de não violência, que socializam grupos, a maioria em fragilidade social. Os desfiles nada mais são do que a coroação de um ano inteiro de trabalho realizado pelas escolas, que, dia a dia, engajam positivamente as comunidades em que estão inseridas.

Expectativa para o Carnaval de Vitória 2023

Carnaval evidencia a importância da cultura do samba para as comunidades
Crédito: Zanete Dadalto

Os capixabas vão poder curtir o Carnaval de Vitória 2023 e, pela primeira vez, sem restrições. De acordo com o presidente da LIESGE, a expectativa é a melhor possível. “Após o Carnaval de 2022 ser realizado em abril deste ano por conta da pandemia, as nossas expectativas são as melhores, com maior participação da população, dos turistas de outros estados. Um evento completo, mais inclusivo, com espaço para portadores de necessidades especiais e arquibancada social”, explicou Neto.

É o que também acredita Patrick Rocha, que descreve a festividade como o “carnaval da retomada”, da livre circulação das pessoas e um momento de viver a festa sem medo. “Esperamos que o evento volte com todo o potencial de vendas, de ocupação da cidade, de circulação econômica, de fomento da cultura, enfim, de ser a grande vitrine do povo capixaba que admira, curte e valoriza suas raízes”.

Valorização do trabalho profissional e alta competitividade

Carnaval evidencia a importância da cultura do samba para as comunidades
Foto: Diego Alves/|PMVV

Em 2023, mais uma vez, o Sambão do Povo será palco de muito samba, gente bonita e criatividade. Para o presidente da escola de samba Andaraí, do grupo especial, Thiago Bandeira, o carnaval capixaba tem crescido fortemente e ganhado visibilidade em todo o país.

“Hoje as escolas tem visto o quanto é importante contratar o trabalho profissional. Antigamente nos concentrávamos nos voluntários da comunidade para fazer esses trabalhos específicos e, muita das vezes, não conseguíamos terminar no tempo necessário ou até mesmo entregar com excelência”, explicou.

Segundo o presidente, apesar da nova onda da Covid-19, a expectativa para 2023 é bastante alta e o setor já tem observado um movimento muito maior, quando comparado ao ano anterior.

“A procura tem sido muito maior. Temos muito mais pessoas procurando fantasias para comprar, alas fechadas, alas comercializadas e menos temor por causa dessa doença”, disse.

Ainda segundo Bandeira, em 2023 o Carnaval de Vitória será um dos mais pesados quando o assunto é competitividade, tendo em vista que as escolas estão se preparando cada vez mais.

“Vou dizer uma coisa para você, quem não estiver se preparando, quem estiver fazendo de qualquer jeito, vai ficar para traz”, frisou

Ela também mencionou que, apesar da competitividade alta, não há rivalidade entre os grupos. “Eu acredito que a competitividade fica entre a linha amarela que inicia o desfile e termina na outra linha amarela que termina o desfile. O público pode esperar que o carnaval vai ser muito qualificado!”, finalizou.

Você por dentro

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Escolha onde deseja receber nossas notícias em primeira mão e fique por dentro de tudo que está acontecendo!

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais Lidas

Notícias Relacionadas