Dólar Em baixa
5,600
22 de julho de 2024
segunda-feira, 22 de julho de 2024
Vitória
20ºC
Dólar Em baixa
5,600

PIB do Espírito Santo tem alta de 2,3%

pib

Seguindo o resultado positivo nacional, o Espírito Santo acumulou alta de 2,3% no Produto Interno Bruto (PIB) em 2018, em comparação com o ano anterior. Os dados foram divulgados pelo Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN) nesta sexta-feira (14).

Segundo o IJSN, o número representa mais que o dobro do resultado nacional (1,1%). O bom resultado é fruto do comércio varejista ampliado (14,5%), expansão do varejo restrito (7,5%) e também do aumento de 27% em vendas de veículos e motos. Os setores de Indústria e Serviços, no acumulado do ano, apresentaram baixa de -2,6% e -0,5% (respectivamente).

“O comércio e a agricultura tem tido um destaque positivo em relação ao crescimento da nossa economia. O comércio sobretudo, influenciado pela parte de veículos, carros e motocicletas, mas outros setores também, farmacêuticos, móveis, tem contribuído de forma geral com o comercio varejista ampliado”, destaca a diretora presidente do Instituto, Gabriela Lacerda.

Em comparação com o trimestre anterior e no acumulado de quatro trimestres, as expansões foram de 2,7% e 2,0% (respectivamente). Com os resultados, o lucro do PIB trimestral em 2018 é de R$ 30,5 bilhões. O valor acumulado dos últimos quatro trimestres é de R$ 118,8 bi.

Em comparação com o segundo trimestre os resultados são diferentes. O Estado teve um recuo de 1,7%, justificado por uma queda de 2,6% no setor de serviços, que ainda sofre com os males da crise econômica nacional, enquanto os setores da indústria e do comércio varejista ampliado, mantiveram o crescimento. Neste mesmo período, de janeiro a setembro de 2018, o Espírito Santo gerou 16.925 novos empregos formais.

As expectativas para o PIB nacional e estadual são de crescimento. No Brasil, que cresceu 1% em 2017, a expectativa é de um crescimento de 1,4% em 2018. Já no Espírito Santo, a expectativa de crescimento é de 2%, enquanto em 2017 o crescimento foi de 1,7%.

Você por dentro

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Escolha onde deseja receber nossas notícias em primeira mão e fique por dentro de tudo que está acontecendo!

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais Lidas

Notícias Relacionadas