Dólar Em baixa
5,600
22 de julho de 2024
segunda-feira, 22 de julho de 2024
Vitória
21ºC
Dólar Em baixa
5,600

Verão: capixabas estão preocupados com a quantidade de guarda-vidas no litoral do ES

Bnhistas - Curva da Jurema
Banhistas na Curva da Jurema Foto: Bárbara Caldeiras

Verão e férias escolares, período de maior agitação nas praias da Grande Vitória, Para curtir a temporada não pode faltar segurança. Por isso, os capixabas estão preocupados com a presença de poucos guardas-vidas ao longo da orla capixaba.

Para o técnico de informática, Claudio Fernandes, mesmo com a presença dos guarda-vidas a atenção com as crianças é essencial. “Tem que ficar vigiando o tempo inteiro. Os 30 segundos que você descuidar, ela pode morrer afogada. A mais nova tem três anos e gosta de ir para o fundo, então tem que ficar o tempo inteiro ligado nela, se descuidar um pouquinho, afoga”.

Fernandes, costuma frequentar a praia da Curva da Jurema, em Vitória, e durante o verão aproveita as férias dos filhos para levá-los à praia quase diariamente. Ele afirma que sempre vê o ponto de guarda-vidas fixos para ficar por perto.

No último sábado (8) os amigos Dhanyel Brandão dos Santos, de 12 anos, e Geanderson Custódio, de 9 anos, desapareceram quando brincavam no mar da praia do Barrão, Barra do jucu, Vila Velha. O corpo de Dhanyel foi encontrado dois dias depois e Geanderson continua sendo procurado pelo Corpo de Bombeiros. Relembre

Na capital, a Secretaria Municipal de Segurança Urbana (Semsu) informa que possui 40 guardas-vidas espalhados em sete postos de Salva-Mar nas praias, das 8h às 18h. Para o verão de 2019 a previsão é de sejam contratados mais 40 profissionais. Em Vila Velha, o trabalho dos guarda-vidas é organizado pelo serviço de Salvamar da Secretaria de Defesa Social e Trânsito (Semdest), através do curso de qualificação oferecido pelo Corpo de Bombeiros. São 135 guarda-vidas atuando em 35km de praias.

Os profissionais atuam nas Praias da Costa, Itapuã, Itaparica, Barrão, dos Recifes, Ponta da Fruta, e lagoas Grande e de Interlagos. A partir deste ano, também contarão com postos de guarda-vidas as praias Secreta e Bananal. Ainda segundo a prefeitura, nas cachoeiras Lagoas Grande e de Interlagos, na Ponta da Fruta, também há monitoramento. Além do trabalho de proteção feito pelos guarda-vidas, as câmeras de videomonitoramento também podem ser utilizadas para a segurança e prevenção nas praias.

Na praias de Guarapari, os profissionais são distribuídos nas praias de maior fluxo e de acordo com o índice de ocorrências/risco . O atendimento do salvamento marítimo de Guarapari acontece de 7h às 19h durante todos os dias da semana.

Foto: André Sobral / PMV
Foto: André Sobral / PMV

Na última semana a foi lançado edital para contratação de novos guarda-vidas, assim, para a alta temporada, a cidade contará com uma equipe de 88 profissionais. Estes atuarão na vigilância e salvamento nas orlas de Guarapari, observando os banhistas para prevenir afogamentos e salvar vidas, além de orientar, prestar informações gerais a turistas e aos banhistas, entre outras atividades. Atualmente, a Praia do Morro é a com maior índice de resgates a afogamentos, onde há 6 postos e maior número de profissionais atuando. Em contraponto, as cachoeiras da região não tem apoio para salvamento, visto que, todas encontram-se em propriedades particulares, e tem acesso é restrito e condicionado pelo dono da propriedade.

Em Serra, segundo a prefeitura, todas as praias contam com serviços de guarda-vidas: Carapebus, Bicanga, Manguinhos, Jacaraípe e Nova Almeida. Porém, estas são acompanhadas por apenas seis guarda-vidas. Para o verão, o município informou que foram contratados 92 são profissionais temporários que se somam aos servidores efetivos, totalizando 98 guarda-vidas em todos os 23 km de litoral. Apesar de existirem cachoeiras na região, não há monitoramento de guarda vidas. Os pontos são localizados na região do Mestre Álvaro, mas a prefeitura afirma que, o trabalho dos guarda-vidas é direcionado a locais com grande fluxo de pessoas (praias), o que não é o caso das cachoeiras, que recebem visitantes eventuais.

Você por dentro

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Escolha onde deseja receber nossas notícias em primeira mão e fique por dentro de tudo que está acontecendo!

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais Lidas

Notícias Relacionadas