Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Um morador de Vitória foi condenado a indenizar uma casa noturna em R$ 10 mil, a título de danos morais, por postagens em um grupo de uma rede social, nas quais denegria a imagem da empresa, de acordo com sentença de 19 de dezembro de 2017.

Segundo o processo, o réu fez uma postagem falando sobre a originalidade do uísque que adquiriu na casa noturna. Entretanto, a casa de shows anexou aos autos notas fiscais que comprovam que os produtos que são comercializados no estabelecimento são originais.

De acordo com o Juiz de Direito Rodrigo Cardoso de Freitas, da 5ª Vara Cível de Vitória, o réu teve sua conduta configurada como culposa, já que, segundo as provas presentes nos autos, proferiu alegações negativas quanto aos produtos comercializados pela casa noturna, sem a devida apuração da veracidade de suas afirmações.

“Por observar que o requerido fez ofensas graves aos produtos comercializados pela requerida, em rede social de importante repercussão, entendo configurado o dano moral, vez que as acusações sofridas têm o potencial de denegrir a imagem da empresa requerente e, por conseguinte, reduzir sua credibilidade perante sua clientela e, ainda, prejudicar seu faturamento”, destacou o magistrado, fixando a quantia indenizatória em R$ 10 mil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *