Ademir sequestro
Foto: Reprodução/Facebook

Um vídeo divulgado nas redes sociais mostra Ademir Lúcio de Araújo Ferreira contando sua versão do crime à polícia gaúcha. Segundo o suspeito, a menina se afogou na lagoa para onde ele a levou, em Areinhas, Viana. Ademir conta ainda que ofereceu R$ 50 à menina para ter relações com ela e que Thayná teria fugido do carro por causa disso e caído na lagoa.

Confira o vídeo:

Prisão

Quase um mês após o desaparecimento de Thayná Andressa de Jesus Prado, de 12 anos, o principal suspeito de sequestrar a menina, Ademir Lúcio Araújo Ferreira, foi encontrado em uma praça em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. A prisão, realizada por policiais militares, ocorreu na madrugada desta segunda-feira (13).

Ademir foi levado para a 2ª Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento da Polícia Civil, localizada em Porto Alegre. Uma coletiva com a imprensa para falar sobre a investigação e a prisão de Ademir foi marcada pela Secretaria de Segurança Pública para o final da manhã.

DNA

A mãe da jovem, Clemilda Aparecida, irá, ainda na manhã desta segunda, à Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) para rever e tentar reconhecer as vestes encontradas junto à ossada de uma menina, na última sexta-feira (10), no bairro Areinha, em Viana. Clemilda também fornecerá o material necessário para que seja realizado o exame de DNA que vai confirmar se essa ossada é da filha dela, a estudante Thayná.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *