O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou ao primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, que vai seguir lutando por um acerto comercial “justo” com seus parceiros do Acordo de Livre Comércio da América do Norte (Nafta).

“Hoje mais cedo, a mensagem que encaminhei ao primeiro-ministro do Canadá foi: ou os Estados Unidos concordam com um acordo justo, ou não vai haver acordo algum”, disse Trump, segundo relato de nota da Casa Branca.

A conversa entre Trump e Trudeau ocorreu horas depois de o secretário de Comércio americano, Wilbur Ross, anunciar a imposição de tarifas sobre as importações de produtos siderúrgicos do Canadá, do México e da União Europeia.

Canadá e México estavam isentos da barreira comercial de 25% contra o aço e 10% sobre o alumínio, por causa da renegociação do Nafta. “Essas conversas (sobre o Nafta) estão demorando mais do que esperávamos”, disse Ross mais cedo.

Em retaliação, o Canadá impôs tarifas sobre 16,6 bilhões de dólares canadenses em produtos comprados dos EUA.

Mateus Fagundes
Estadao Conteudo
Copyright © 2018 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *