De malas prontas e sapatilhas nos pés, dez bailarinos embarcam rumo a Fortaleza nesta quinta-feira (05), onde irão representar o Espírito Santo no maior Festival de Dança de Fortaleza a 18° edição do Fenfafor. Um festival que premia os vencedores com bolsas de estudos nacionais e internacionais.

“Nós estamos muito ansiosos, porque é a primeira vez que estamos indo para Fortaleza e ainda em um festival deste tamanho. Vão ter vários bailarinos profissionais e experientes, pra gente é um grande desafio”, contou a bailarina Emilly Pimenta.

O grupo que recebeu patrocínio das passagens através de um edital da Secretaria de Cultura do Espírito Santo, mas precisou organizar rifas, bazar, venda de doces, vaquinha online entre outros, para custear os gastos com estadia alimentação e deslocamentos e durante quatro dias vão encarrar uma longa rotina de cursos, além de mostrarem sua arte nos palcos da Fenfador.

A expectativa de pais e professores é que o grupo possa mostrar o melhor em cena, e apresentar os trabalhos com muita descrição técnica e beleza para a plateia.

“Esse grupo eu sempre mantenho ensaiado porque de uma hora pra outra você pode me chamar pra uma apresentação e eles têm que estar prontos. Tivemos a surpresa de ser agraciados com o edital da Secult faltando apenas duas semanas para o festival. Nós tivemos que mexer em tudo, readaptar porque só ganhamos 10 passagens e algumas coreografias eram para 20 bailarinos. Mas, no final deu certo. Eles estão tecnicamente preparados, se não vier premiação já vai valer a experiência”, explicou a professora Poti Ara Bolzan.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *