acidente_carro_787-3O juiz da Vara da Fazenda Pública Estadual do Juízo de Vila Velha julgou procedente o pedido de indenização de R$ 9.355,55 do Estado do Espírito Santo a um motorista que causou um acidente de trânsito envolvendo uma viatura da Polícia Militar. O incidente aconteceu no bairro Nova América, município de Vila Velha.

Segundo o processo, alguns policiais militares que estavam a serviço, conduziam a viatura do Grupo de Apoio Operacional (GAO) por Nova América, quando foram atingidos pelo cidadão, que dirigia um Citroen C3.

Apesar do requerido afirmar que a viatura estava em velocidade elevada e com os faróis ligados, bem como os sinais sonoros e de iluminação, a prova testemunhal e os depoimentos dos militares que presenciaram o ocorrido foram claros, comprovando que a viatura trafegava pelo município de forma regular e devidamente sinalizada.

Além disso, diante do que foi exposto pela prova e pelos próprios policiais, foi possível concluir que o cidadão conduzia o automóvel em velocidade superior a permitida na via e que não efetuou a devida sinalização quando adentrou a contramão e provocou o acidente de trânsito.

Desta forma, o juiz de direito responsável pelo processo julgou procedente o pedido feito pelo Estado do Espírito Santo e condenou o requerido ao pagamento de indenização por danos materiais no valor supramencionado, e ao pagamento de custas e honorários advocatícios de sucumbência.

Cometários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *