Nesta quarta-feira (03), o ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Pereira, anunciou nas redes sociais que entregou, durante uma reunião no Palácio do Planalto, sua carta de demissão ao presidente Michel Temer. Na carta, Pereira explica que deixa a pasta para se dedicar a questões pessoais e partidárias.

O es-ministro pode disputar cargo eletivo na próxima eleição. Essa é a segunda baixa no ministério do presidente Temer em menos de 10 dias. Na semana passada, Ronaldo Nogueira deixou o comando do Ministério do Trabalho também para se candidatar nas eleições. O Palácio do Planalto não comentou o pedido de demissão.

Nascido no município capixaba de Linhares, Marcos Pereira é um advogado, bispo licenciado da Igreja Universal do Reino de Deus e presidente licenciado do Partido Republicano Brasileiro (PRB).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *