A JBS fechou com bancos no Brasil e no exterior um acordo de normalização. As instituições financeiras que participam do acordo representam 78% do montante total de dívidas bancárias da companhia.

O acordo garante a manutenção de linhas de crédito de aproximadamente R$ 12,2 bilhões por um período de 36 meses contados a partir de julho deste ano. A JBS terá que realizar a amortização aproximada de 25% do principal a partir de janeiro de 2019 até o término da vigência do acordo, em julho de 2021.

“A celebração deste Acordo de Normalização demonstra a confiança das instituições financeiras na gestão da Companhia e contribui para uma significativa extensão do prazo médio de vencimento das nossas dívidas, assegurando a liquidez financeira e a continuidade do bom desempenho operacional”, comentou José Batista Sobrinho, CEO Global da JBS, por meio de Fato Relevante divulgado pela companhia.

Renato Carvalho
Estadao Conteudo
Copyright © 2018 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *