casa própriaQuem quiser realizar o sonho da casa própria pode aproveitar o mês da copa. Essa é a proposta do Banco Banestes, em parceria com o Sindicato da Indústria da Construção Civil no Estado do Espírito Santo (Sinduscon-ES). A cliente pode financiar os imóveis em até 90%, com 30% de desconto. O prazo para pagar é de 30 a 35 anos.

Segundo o presidente do Banestes, Michel Sarkis, a crise econômica no Brasil fez com o os empresários e o setor da construção civil precisassem se adequar. A campanha Imóvel Campeão dura até o dia 7 de julho e vai disponibilizar todos os 1.200 imóveis da tabela, a juros mais baixos: 8,8% para funcionários públicos efetivos; e 9% para o público geral (ao ano).

“Conseguimos reunir todo o estoque da indústria da construção. Imaginamos que para fazer desse processo ainda mais impactante, precisaríamos trazer condições de crédito muito especiais. A taxa de juros é mais convidativa, que de fato há muito tempo não víamos no mercado. E o consumidor precisar ter apenas 10% do valor do imóvel para fazer a compra e iniciar o processo de financiamento”.

Segundo Sarkis, a reunião de condições entre valor do imóveis e condição de credito é um o melhor momento para conseguir o imóvel próprio. Quem se interessar pode procurar uma das 130 agências do Banestes para fazer uma avaliação de crédito, que sai em poucos dias. Outra vantagem é que o cliente pode simular os valores por um aplicativo no site do banco.

O presidente do Sinduscon Paulo Baraona, destacou que o momento da copa ajudar a chamar atenção para a campanha. A venda dos imóveis pode dar um grande giro na economia, cria novos empregos e também gera renda. “Em 2017 e agora em 2018 temos mantido o números de empregos, que estabilizou, assim como o número de lançamentos da construção. São fatores positivos. Evidentemente que esse é um ano de eleições, e há um diferencial politico, que sempre afeta a economia. Mas temos uma boa expectativa e estamos animadas para retomar, gerar mais empregos e mais lançamentos”.

Os imóveis são residenciais, prontos para morar, tem até quatro quartos, custam o valor mínimo de R$ 120 mil e máximo de R$ 800 mil, e estão disponíveis em 8 municípios: Vitória, Vila Velha, Serra, Cariacica, Cachoeiro, Aracruz, Linhares e Colatina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *