Foto: Reprodução/Internet
                                                                                                                                                          Foto: Reprodução/Internet

Com a chegada do mês de outubro, é normal se ouvir pessoas reclamando sobre a adaptação e problemas de sono trazidos pelo amado e odiado Horário de Verão. Enquanto muitas pessoas comemoram uma hora a mais de sol no fim da tarde, outras reclamam que sentem mais cansaço, dificuldade na hora de dormir e até falta de apetite.

A especialista em Medicina do Sono Jéssica Polese explica que esses e outros sintomas são comuns devido à alteração no relógio biológico, que vai precisar se adequar novamente. “Como escurece mais tarde, a produção da melatonina –hormônio que regula o sono – sofre uma diminuição. Geralmente nosso organismo pode levar até 14 dias para se adaptar à mudança, dependendo de cada pessoa”, diz a médica.

A principal dica é já acostumar o organismo a dormir mais cedo. “Comece a deitar 15 minutos antes, depois passe para meia hora, até conseguir dormir uma hora mais cedo do que de costume, assim o corpo não sentirá tanto impacto ao acordar uma hora antes no dia seguinte”, explica.

Segundo Jéssica Polese, investir na chamada higiene do sono pode ajudar durante essa fase transitória. “Cerca de 30 minutos antes de dormir procure fazer algo que te relaxe. Evite conteúdos de televisão agressivos, pois eles podem afetar a qualidade do seu sono. Tome um banho morno, esteja num ambiente arejado e limpo. Isso pode ajudar”, recomendou a médica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *