Dólar Em alta
4,928
21 de fevereiro de 2024
quarta-feira, 21 de fevereiro de 2024

Semana no Poder: Proposta de deputados unidos pelo Tribunal de Contas e um namoro cada vez mais evidente

A semana na política capixaba já começou embalada na madrugada de domingo (4) pelo desfile das escolas de samba, no Sambão do Povo. Recados nas entrelinhas deixaram evidentes parcerias e até posicionamentos demonstraram bons relacionamentos.

Na Assembleia Legislativa, o retorno dos trabalhos trouxe à tona o assunto da eleição para a cadeira de conselheiro do Tribunal de Contas do Espírito Santo (TCE-ES). E há defesa ferrenha para que o eleito seja um dos componentes do plenário Dirceu Cardoso.

Unidos

O almoço mensal dos deputados estaduais, realizado na última segunda-feira (5), teve no cardápio a bandeira do deputado estadual Hudson Leal (Republicanos) de que o posto, por direito, precisa ser de alguém de dentro da Assembleia Legislativa, prerrogativa que já tem diversos defensores das mais diferentes ideologias e posicionamentos partidários. Isto foi alertado tanto por Poder ES Hoje quanto Bastidores, na edição digital de ES Hoje.

O ungido?

Havendo esta adesão, quem surge como favorito para a vaga é ninguém mais, ninguém menos que o presidente da Assembleia Legislativa, Marcelo Santos (Podemos), conforme ES Hoje vem alertando sobre esta possibilidade desde o ano passado. Ele não colocou o bloco na rua – perceptivelmente – para esta campanha. Mas os sinais evidenciam fortemente essa chance. Marcelo diz que quer resolver o pleito ainda neste mês.

Recado dado

O presidente da Assembleia ressaltou, na última segunda-feira (5), durante a abertura de trabalhos do ano, que a vaga de conselheiro para o Tribunal de Contas é do Poder Legislativo e que cabe aos deputados escolherem. Tudo isso foi dito na frente do vice-governador do Estado, Ricardo Ferraço (MDB), e do secretário-chefe da Casa Civil, Davi Diniz, que pleiteia a cadeira.

Efeito dominó

As decisões relacionadas à sucessão para conselheiro do Tribunal de Contas pode culmina em fortíssimo efeito dominó seja no governo do Estado ou na própria Assembleia Legislativa, que teria de eleger novo presidente.

***

Namoro mais evidente I

Voltando ao Carnaval de Vitória. Como diz aquela brincadeira sobre preferência de escola no Carnaval: “não vou dizer quem é meu favorito, mas haverá fortes sinais”. Pois bem. O Progressistas deixa cada vez mais claro que está afinadíssimo para estar na agremiação de Pazolini nas eleições deste ano.

Namoro mais evidente II

Em sua fala, o presidente do Progressistas estadual e coordenador da bancada federal capixaba, Da Vitória, disse que Pazolini estava fazendo da “Capital um orgulho para os capixabas”. O parlamentar posou para foto com o prefeito e o colega de partido e de bancada, Evair de Melo, que também curtiu o camarote Moqueca 027.

Não foi só isso

Lorenzo Pazolini e Ricardo Ferraço demonstraram muita sintonia no Sambão do Povo. Por diversas vezes, andaram juntos. E chegaram colados ao camarote Moqueca 027, onde conversaram com o diretor-geral do ES Hoje, Carlos Roberto Coutinho.

***

Podemos em chamas

ES Hoje publicou sobre possível insatisfação do prefeito de Vila Velha, Arnaldinho Borgo (Podemos), com o partido dele. Não está descartada a saída dele. Relatos dão conta de que o canela-verde estaria se sentindo desprestigiado.

***

Ramalho, o procurado I

O ex-secretário de Estado da Segurança Pública coronel Alexandre Ramalho (Podemos) mal voltou das férias e já teve reuniões que, na certa, debateram seu futuro político. Nesta semana, ele conversou com o presidente do Republicanos, Erick Musso, e com o responsável pelo partido dele no Estado, o deputado federal Gilson Daniel.

Ramalho, o procurado II

Ramalho tem em mãos a possibilidade de permanecer no Podemos ou ingressar em novo partido e embaralhar, por completo, as cartas para as eleições de Vila Velha.

***

Cachoeiro quente

Também ficou quente a temperatura em Cachoeiro de Itapemirim. O vereador Júnior Corrêa (PL), um dos possíveis pré-candidatos à Prefeitura da Capital Secreta do Mundo, demonstrou insatisfação com o partido, mais especificamente com o senador Magno Malta (PL). Não é descartada uma saída do parlamentar da legenda.

Dengue no foco

A epidemia da dengue no Estado é um problema grave a ser encarado pelo Estado e pelos municípios. As notificações da doença tropical chamam a atenção. Do dia 31 de dezembro até o último 27 de janeiro, foram 8.534 casos, média de 316 pessoas ficando diariamente doentes. Trata-se de uma quantidade muito elevada e que pode ser ainda maior, visto que há subnotificações por diversos motivos.

Semana no Poder: Proposta de deputados unidos pelo Tribunal de Contas e um namoro cada vez mais evidente

***

Foto da semana

Com herança pomerana e fã de concertina, o deputado estadual Adilson Espindula (PDT) recebeu em seu gabinete a cantora e sanfoneira Bia Socek.

O parlamentar e assessores tiveram a oportunidade de acompanhar um pouco do repertório musical dela.

***

Bom Carnaval

Esta coluna deseja um excelente Carnaval a todos. Retornaremos com bastidores e análises políticas na quarta-feira de Cinzas.

Fale com a coluna

Nosso e-mail é [email protected].

Desejamos um ótimo fim de semana!

Você por dentro

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Escolha onde deseja receber nossas notícias em primeira mão e fique por dentro de tudo que está acontecendo!

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais Lidas no Poder ESHOJE

Notícias Relacionadas