Dólar Em alta
5,253
16 de abril de 2024
terça-feira, 16 de abril de 2024

Vitória
27ºC

Dólar Em alta
5,253

Campanha vai ajudar negócios prejudicados pelas chuvas com R$ 8 mil

Visando auxiliar pequenos negócios fortemente impactados pelas recentes chuvas no estado, o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Espírito Santo (Sebrae/ES), em parceria com a Agência de Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas e do Empreendedorismo (Aderes), inicia a campanha “SOS Sebrae”, que vai oferecer auxílio financeiro e consultorias para empreendedores de municípios que tenham decreto de situação de emergência ou de calamidade pública.

O auxílio financeiro, que pode chegar a até R$ 8 mil de subsídio por empresa, destina-se à recuperação dos espaços físicos ou reposição de bens danificados e perdidos. Microempreendedor individual (MEI), microempresa (ME) e empresa de pequeno porte (EPP) podem solicitar o benefício.

A previsão é que sejam aportados R$ 4 milhões em apoio aos empreendedores que, além do auxílio financeiro, vão receber, gratuitamente, uma consultoria financeira para a reconstrução do negócio ou de marketing para vender mais.

“Queremos assegurar que os donos de pequenos negócios tenham acesso a ferramentas para se reerguerem. A campanha é uma maneira de estarmos ao lado de quem movimenta a economia, contribuindo ativamente para uma recuperação mais rápida e eficaz. A nossa estimativa é atender, inicialmente, cerca de 800 empresas, mas este número pode ser ampliado se conseguirmos parceria com mais instituições”, destaca Pedro Rigo, superintendente do Sebrae/ES.

Como vai funcionar

O empreendedor será orientado por um consultor do Sebrae/ES, que o ajudará a decidir qual item ou serviço precisa ser contratado ou comprado, além de auxiliar na obtenção de orçamentos. Após a compra, o reembolso será feito em até 20 dias, contando da data de entrega da nota fiscal.

É importante destacar que o empresário poderá ser atendido somente uma vez, obrigatoriamente durante o período de vigência do decreto de situação de emergência ou de calamidade pública.

Os municípios com declarações formais de situação de emergência ou de calamidade pública por decreto são Muniz Freire, Alegre, Guaçuí, Jerônimo Monteiro, São José do Calçado, Bom Jesus do Norte, Apiacá, Mimoso do Sul, Muqui, Atílio Vivácqua, Rio Novo do Sul, Vargem Alta e Alfredo Chaves.

Para solicitar o benefício, é necessário entrar em contato com o Sebrae/ES pelo telefone ou WhatsApp 0800 570 0800, que está disponível 24 horas por dia, pelo site https://cliente.sebraees.com.br/sos-sebrae ou pessoalmente em um dos escritórios regionais mais próximos dos municípios atingidos (confira a lista no final).

Mutirões de atendimento

Além das consultorias e do auxílio financeiro, o Sebrae/ES vai participar de uma força-tarefa, junto com o governo do Estado, nos municípios de Mimoso do Sul e Apiacá, para atender às vítimas das fortes chuvas, a partir desta quarta-feira (3). As tendas de atendimento serão montadas no Centro das cidades, sendo que, em Mimoso do Sul, ficará na praça Coronel Paiva Gonçalves, atrás dos Correios. Em Apiacá, ficará ao lado da prefeitura. O atendimento será das 9h às 17h.

“No local, o empresário vai poder aderir ao SOS Sebrae e vai receber todas as orientações que possam ajudá-lo a retomar o seu negócio o mais rápido possível”, destacou Pedro. A previsão é que o atendimento da força-tarefa seja realizado até sexta-feira (5). No entanto, a depender das demandas dos moradores, o prazo pode ser prorrogado.

Os atendimentos acontecerão em parceria com a Agência de Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas e do Empreendedorismo (Aderes), Banestes, Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes) e Defesa Civil.

Além das tendas em Mimoso do Sul e Apiacá, consultores do Sebrae/ES estão realizando mutirões de atendimentos em Jerônimo Monteiro, Muniz Freire, Alegre, Apiacá, Bom Jesus do Norte e Vargem Alta desde o início da semana.

Principais perguntas e respostas sobre o SOS Sebrae

– Para o auxílio financeiro, quais bens e serviços estão incluídos?
O subsídio poderá ser utilizado em serviços de reparo e manutenção (conserto de máquinas e equipamentos, serviços de pintura, limpeza, marcenaria, serralheria, obras e serviços de gráficas para reparação de fachadas e de sinalização interna), na aquisição de produtos (tintas e outros produtos de construção civil) e na compra para reposição de equipamentos ou mobiliários danificados (freezers, computadores etc.).

– Qual o valor máximo do auxílio financeiro?
Cada pequeno negócio poderá receber 100% dos valores aplicados para recuperação do seu negócio, sendo este valor limitado ao teto de R$ 8.000,00 (oito mil reais).

– Quem pode acessar?
Micro Empreendedor Individual (MEI), Microempresa (ME) e Empresa de Pequeno Porte (EPP). Somente podem ser atendidos espaços com destinação comercial junto aos órgãos competentes, incluindo ambientes como lojas físicas, postos e estações de trabalho, chão de fábrica, ponto de venda, recepção e áreas de circulação.

– Até quando é possível solicitar o auxílio?
Durante a vigência do decreto de situação de emergência ou calamidade pública do seu município.

– Em quanto tempo o empreendedor recebe o auxílio financeiro?
Em até 20 dias após o recebimento das Notas Fiscais pelo Sebrae/ES.

Campanha vai ajudar negócios prejudicados pelas chuvas com R$ 8 mil
Foto: Divulgação.

Escritórios do Sebrae/ES mais próximos dos municípios afetados
Horário de atendimento: Segunda a Sexta, das 9h às 17h

– Cachoeiro de Itapemirim
Avenida Beira Rio, 297, Guandú
Telefone: (28) 98804-6453

– Guaçuí
Rua Capitão Waldir Alves Siqueira, 240, Centro
Telefone: (28) 98804-0865

– Iúna
Rua Capitão João Inácio de Almeida, 200, Centro
Telefone: (28) 99920-2424

– Venda Nova do Imigrante
Av. Evandi Américo Comarela, 155, Esplanada
Telefone: (28) 98809-3338

Você por dentro

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Escolha onde deseja receber nossas notícias em primeira mão e fique por dentro de tudo que está acontecendo!

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais Lidas

Notícias Relacionadas