WhatsApp Image 2018-04-16 at 08.56.02 (1)A tempestade que caiu sobre a Grande Vitória na segunda-feira, 16 de abril, causou alagamentos e muitos transtornos para a população inclusive na capital do Espírito Santo. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, em dos pontos de medição regular em Vitória foram acumulados 130,2 mm no período entre 9 horas do dia 15 e 9 horas do dia 16 de abril. Porém, este grande volume de água caiu em menos de 24 horas, pois a chuva começou a ser observada no início da madrugada em diante.

Só este acumulado representa mais do que média de chuva normal para abril que é de aproximadamente 116,0 mm (período de 1981 a 2010). O volume total de chuva em abril, até 9 horas do dia 16, foi de 265,2 mm, que é a maior quantidade de chuva sobre Vitória desde outubro de 2014 quando choveu 286,6 mm em 31 dias . Em 16 dias abril Vitória já recebeu 129% de chuva acima da média para o mês.

Abril de 2018 está sendo o abril mais chuvoso em Vitória desde 2011 quando choveu 384,0 mm em 31 dias.

A chuva tende a enfraquecer e Vitória e no centro-sul capixaba nesta terça-feira, mas aumenta no norte do estado. Ainda chove a qualquer hora sobre a Grande Vitória nesta terça-feira, mas não há mais expectativa de chuva intensa.

Por causa do excesso de nebulosidade e ventos frios de origem polar que chegam ao Espírito Santo, a temperatura fica amena em todo o estado.

Os períodos com sol aumentam e a chuva diminui um pouco mais na quarta-feira, 18 de abril.

Mar agitado

O mar continua agitado na costa capixaba e há risco de ressaca nas praias na madrugada e manhã desta terça-feira, 17 de abril, com ondas em torno de 2,0 metros. A tendência é de diminuição das ondas no decorrer da tarde. Não há mais risco de ressaca para a quarta-feira, 18.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *