Deslizamento de terra na escadaria Ilma de Deus, no Forte São João
Deslizamento de terra na escadaria Ilma de Deus, no Forte São João

A Defesa Civil de Vitória alerta para o risco de deslizamento em encostas e áreas de risco da capital. O aviso para 25 áreas da cidade acontece por conta do intenso volume de chuva nas últimas 48 horas, que foi de 178 milímetros.

“Por causa da chuva desta segunda-feira (16), o solo já se encontra encharcado e saturado e, com isso, há possibilidade de movimentação de terra”, explicou o coordenador da Defesa Civil de Vitória, Jonathan Jantorno.

As áreas mapeadas pelo Plano Municipal de Redução de Riscos (MPRR) podem ser encontradas no aplicativo Vitória Online, que emite o alerta aos munícipes sobre a situação geológica dessas localidades.

A Defesa Civil aconselha aos moradores de áreas de encosta que fiquem atentos a qualquer movimentação do solo e de rolamento de blocos. Nesses casos, a recomendação do órgão é sair do imóvel e entrar em contato com o telefone de plantão 24 horas: 98818-4432. Os chamados também podem ser feitos pelo Fala Vitória 156.

“Assim que a Defesa Civil é acionada, nós enviamos técnicos ao local para avaliar a situação e orientar os moradores”, explicou o coordenador.

Ocorrências

O temporal que atingiu a capital na segunda-feira (16) gerou 36 chamados de ocorrências na capital, sendo 18 de natureza geológica e 18 por motivos estruturais. Foram registrados deslizamentos de terra em Forte São João, Santa Cecília, Gurigica, Consolação, Bonfim, São Benedito e Fradinhos.

Houve rolamento de blocos em Resistência, Cruzamento e São Benedito. Em bairros como Piedade, Gurigica, Estrelinha, Centro e Horto, foram registradas quedas de muros de imóveis. Foram interditados três imóveis, sendo dois em Forte São João e um em Estrelinha. Há duas famílias desalojadas no Forte São João.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *