Promover, divulgar as diversas facetas culturais de uma sociedade não é tarefa fácil. Não pode ser comercializada com um produto de necessidade básica, porque aqueles que gostam de assistir espetáculos culturais não possuem recursos para frequentar teatro, cinema, circo, etc, diariamente.

Sob o patrocínio exclusivo, do empresário do comércio do Estado Espírito Santo, reina absoluto no Estado, bem no chamado corredor cultural de Vitória, a capital do Estado do Espírito Santo, o Centro Cultural SESC-Glória, sob a coordenação artística da competente senhora Rita de Cássia Sarmento Costa e a gerência do Sr. Carlos Bermudes, com impressionante receptividade do público e da crítica especializada.

Não se trata de nenhuma responsabilidade básica de atuação do SESC, a manutenção da mais importante casa de atividades culturais do Estado. Um Centro Cultural completo, moderno, voltado exclusivamente, para incentivar, os artistas do Espírito Santo, promovendo suas atividades, para que possam ser reconhecidos lá fora, ganhem o mundo.

Nos três anos de funcionamento do Centro Cultural SESC – Glória, sob a coordenação artística da sra. Rita de Cássia Sarmento Costa, sua projeção, a aceitação pelo público ávido de atividades culturais, é realmente um negócio impressionante.

Com dois teatros, equipados com moderna tecnologia, dois cinemas, biblioteca voltada exclusivamente para a cultura, centro de gravação artística, várias modalidades de cursos, nos mais variados campos da arte, o Palco Giratório, sob a coordenação do Departamento Nacional do SESC, toda a cidade se volta para seu maior ponto de atração, um verdadeiro centro cultural, totalmente mantido e administrado pelo empresariado do comércio.

O SESC está se preparando para levar, para suas diversas unidades do interior do Estado, onde possui auditórios, espetáculos culturais, estando sendo definido pela sua coordenadora cultural as atividades que mais se adaptam nos auditórios das unidades espalhados pelo interior capixaba.

Várias ações culturais são desenvolvidas em favor de alunos das redes públicas e particulares da Grande Vitória, como parte complementar da educação.

Além do Centro Cultural SESC – Glória da capital, o SESC, na sua rede de ensino, tem perto de cinco mil alunos, que recebem educação gratuita, devendo breve, estarem aproximadamente, em funcionamento, mais três escolas: Cachoeiro de Itapemirim, Baixo Guandu e Serra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *