Manter a autoestima durante o tratamento do câncer é uma das grandes batalhas enfrentadas pelas pessoas diagnosticadas com a doença. Além de fragilizar emocionalmente o paciente a perda dos cabelos é quase que um cartão postal identificando a doença. Hoje, alguns hospitais oferecem para os pacientes em tratamento a touca gelada, que auxilia na preservação dos fios de cabelo. Com o uso da touca, em média, 70% dos fios não sofrem queda, ficam preservados.

“A touca é de plástico e recheada com gel térmico que atinge -20ºC e atua de maneira a promover a vasoconstrição do local, ou seja, a baixa temperatura estreita os vasos sanguíneos, diminuindo o fluxo de sangue no local. Dessa maneira, a quantidade de quimioterápicos que chega nas células capilares é menor, diminuindo a queda de cabelos”, disse a médica oncologista, Kitia Perciano.

De acordo com a médica, os pacientes devem colocar a touca 30 minutos antes de receber a quimioterapia. “Como a touca só é eficiente quando está bem gelada, o paciente precisa trocar de touca a cada 30 minutos e permanecer com ela mais 30 minutos até 2 horas após o final da sessão de quimioterapia.  “Não são todos os pacientes que podem utilizar a touca. Casos de câncer no couro cabeludo ou no sistema hematológico, como os cânceres no sistema linfático e a leucemia não podem fazer esse tipo de tratamento. Não é indicado”, disse a médica.

“Cada caso é uma caso. É muito importante uma conversa franca entre médico e paciente para saber qual o seu caso e a possibilidade de uso da touca. Se for apropriada para o tipo de quimioterapia que será utilizada e para o tipo de câncer do paciente é uma boa opção para preservar os fios e auxiliar na manutenção da autoestima durante o tratamento”, informou Kitia.

A touca traz benefícios enormes, mas é preciso persistência ao utiliza-la, pois ela traz desconfortos por ser muito gelada. “Segundo a médica, para que o frio não machuque as áreas de cartilagem, como as orelhas, é preciso protegê-las com gaze. A frio incomoda nos primeiros minutos, depois o paciente se adapta. E importante lembrar que os cuidados continuam em casa. O paciente não pode pentear muito o cabelo e deve evitar prende-lo, além de ficar sete dias sem lavar a cabeça. Os processos químicos são estritamente proibidos, e os pacientes com cabelos muitos cumpridos também são orientados a cortá-los”, disse.

O uso da touca não tem contraindicação, nem para grávidas e crianças. Também não há efeito colateral porque o uso é tópico.

A touca não é oferecida pelo Ministério da Saúde, mas existem clínicas e hospitais que a incorporam no tratamento seja particular ou por plano de saúde, outras a utilizam só de maneira particular, no Neon é oferecida a todos os pacientes que fazem quimioterapia sem custos adicionais.