Adepto da Cientologia há anos, Tom Cruise é considerado um ator reservado se comparado a outras personalidades de Hollywood. O comportamento também pode ser considerado consequência da religião.

Há quase cinco anos, Cruise não via a filha Suri, fruto do relacionamento com Katie Holmes. Ambos se divorciaram em 2012. A igreja havia recomendado ao ator que não ficasse muito próximo às pessoas que não compartilhassem de sua crença. Nos últimos meses, porém, pai e filha teriam se reaproximado, de acordo com informações do site “Celebrity Insider”.

“O Tom tem estado em contato com a Suri cada vez mais nos últimos meses e deixou claro que quer voltar a ser parte da vida dela. Ele manda presentes e escreve cartas, como um modo de tentar reconectar com a filha. E isso tem funcionado”, disse um amigo próximo da família.

A relação de Tom Cruise com a Cientologia sempre gerou polêmica. Recentemente, em junho, uma reportagem do “Hollywood Reporter” trouxe o depoimento de Brendan Tighe, ex-integrante da seita. Segundo ela, Scarlett Johansson teria sido uma das atrizes “escolhidas” pela religião para namorar Tom Cruise. A atriz classificou como “degradantes” os relatos publicados.

Até a animação South Park já fez anedotas sobre a Cientologia, inclusive citando a participação de personalidades americanas, como Tom Cruise e John Travolta.

O documentário “Toda a Verdade”, exibido pela Netflix, conta a história do surgimento da Cientologia no mundo, com depoimentos de integrantes e ex-integrantes da seita.

Estadao Conteudo
Copyright © 2018 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *