procura-seA equipe da Delegacia de Crimes Contra a Vida (DCCV) de São Mateus, com apoio da Coordenadoria de Inteligência (Coin) da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) do Ceará, cumpriu o mandado de prisão de F.D.R., de 18 anos, na última sexta-feira (08). Ela é suspeita de ter participado do homicídio de Taynara Alves Rocha, de 16 anos, ocorrido em junho de 2015, na região de Guriri, no município. A prisão foi efetuada no bairro Mondumbin, em Fortaleza, no Estado do Ceará.

Segundo o responsável pela DCCV, delegado José Eustáquio, na época do crime a suspeita tinha 15 anos. “O motivo do crime foi porque Taynara estaria andando com pessoas ligadas ao grupo de traficantes rival, o que fez com que os executores conjecturassem sobre o possível repasse de informações por parte da vítima aos traficantes rivais”, explicou.

O delegado contou ainda que, no dia do crime, F.D.R. e outra suspeita identificada como Thayná Barbosa Carrilio, de 23 anos, atraíram Taynara até o local combinado pelos suspeitos do homicídio. “Ela estava foragida desde o mês de maio. Assim que descobrimos a localização dela, nós repassamos as informações aos policiais civis do Ceará, e eles cumpriram os mandados”, informou.

Durante a ação, o namorado de F.D.R., identificado como J.L.S., de 24 anos, também foi detido. Com eles os policiais encontraram uma pistola calibre 380 e dois carregadores.

Os outros envolvidos no homicídio da Thaynara identificados como D.A.P. e O.S.E. já estão detidos. Thayná ainda continua foragida. “Estamos à procura dela. Por isso, quem tiver alguma informação sobre o paradeiro dela que denuncie via Disque Denúncia- 181”, avisou.

F.D.R. foi apontada pela prática de ato infracional análogo ao crime de homicídio duplamente qualificado e foi transferida para Penitenciária Feminina de Cariacica (PFV). Já o namorado dela foi transferido para uma unidade do Sistema Penitenciário cearense.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *