campanha assedioSensibilizar a população sobre a importância de dizer não ao assédio sexual dentro dos coletivos da Grande Vitória. Com esse objetivo, foi iniciada essa semana uma campanha sobre o tema. A ação propõe que mulheres e homens se envolverem e entrem de vez no combate a essa prática que, apesar de não apresentar números oficiais expressivos, ocorre com frequência nas mais de 600 mil viagens diárias do sistema de transporte público.

A campanha consiste na divulgação de peças de publicidade nos ônibus do Sistema Transcol e nas emissoras locais de televisão. No interior dos veículos, várias peças estarão dispostas nas calhas de iluminação. Cartazes com o mesmo tema serão afixados no vidro atrás dos motoristas. Além disso, também serão afixadas publicidades do tipo backbus nos carros e cinco veículos receberam envelopamento para fazer a campanha circular nas vias da região metropolitana.

Também foram confeccionados banners, pôsteres e camisetas com gravuras sobre o tema, criadas por mulheres artistas. Os banners e pôsteres serão instalados nos dez terminais de integração do Sistema Transcol.

Na TV, serão veiculados três filmes, com depoimentos reais de quem passou pelo constrangimento de ser assediada. Esses depoimentos também ganharam uma versão mais longa, que será postado na internet. Nas redes sociais, haverá um avatar para ser usado em fotos de perfil do Facebook, além de uma peça para ser usada na timeline da rede social. A campanha contará ainda com cards para o aplicativo Whatsapp e webbanners para divulgação nos jornais onlines.

O diretor presidente da Ceturb, Alex Mariano, lembrou que é preciso que as pessoas tenham empatia com que é assediado. “Temos que nos colocar no lugar do outro, como se fosse alguém de nossa família: mulher, filha, irmã, mãe. Dessa forma, estaremos nos empenhando para que esse tipo de atitude não aconteça mais”.

O secretário dos Transportes e Obras Públicas, Paulo Ruy Carnelli, destacou a importância dessa campanha contra o assédio nos ônibus, considerando que o Sistema Transcol transporta mais de 650 mil pessoas por dia na Região Metropolitana da Grande Vitória. “Hoje, nos aliamos ao Governo nesse movimento de combate à violência contra a mulher. Um dado concreto é que mais de 50% de quem viaja no Transcol são mulheres”, ressaltou.

Treinamento para funcionários

A Ceturb-GV, em parceria com o Sindicato das Empresas de Transporte (GVBus) e o Sest-Senat, vai oferecer treinamento, por meio de palestras, para orientar os motoristas e cobradores sobre como agir quando ocorrer casos de assédio sexual dentro de algum coletivo. O treinamento começa no dia 22 de novembro, no auditório do Sest/Senat, com a participação de 200 pessoas, entre motoristas, cobradores, fiscais dos terminais e instrutores de garagens, que serão multiplicadores para que as orientações cheguem aos cerca de 6.500 trabalhadores do sistema.

A partir daí, serão realizadas blitze educativas nas garagens e terminais, levando as orientações para esses ambientes. Ficou decido que esse tema será incluído permanentemente na grade dos cursos de formação de motoristas, de forma que o treinamento passa a ser uma ação continua.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *