Filipe Lima

Filipe Lima é empreendedor e fascinado pelas ideias e soluções inovadoras. Vasta experiência em projetos e estratégias de gestão de produtos para ambientes TI. Atualmente é Diretor Executivo da EverestWork. Possui especialização em Pós-Graduacão Lato Sensu em Gestão de Projetos e Graduação em Sistema de Informação.

O uTorrent, programa que permite ao utilizador realizar downloads de arquivos, está sendo citado como o responsável por ataques de malware. Segundo relatos de alguns usuários, o uTorrent, através anúncios exibidos no aplicativo estariam utilizando brechas conhecidas para instalar malwares nos computadores dos usuários, levando a infecções que buscam desde o roubo de informações até o sequestro de dados em troca de pagamento.

Especialistas afirmam que o software em si, não seria o operador do golpe, mas sim hackers, que veiculam anúncios falsos, com o objetivo de infectar máquinas dos usuários.

Outros softwares além do uTorrent, também possuem a mesma vulnerabilidade, como o BitTorrent, outra aplicação usada para download e compartilhamento de arquivos. Até o momento nenhuma das empresas desenvolvedoras dos softwares se pronunciaram sobre o assunto.

Recomento aos leitores a desinstalar, ambos os softwares e passar um programa antivírus em toda a máquina, buscando por eventuais infecções.

Em 2015 o uTorrent foi acusado de estar instalando um minerador de Bitcoins (software que utiliza o computador do usuário para arrecadar dinheiro virtual). Na ocasião, após a comprovação, os desenvolvedores do uTorrente se desculparam e, com uma nova versão do aplicativos, removeu o software que funcionava em paralelo aos downloads.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *