terminal de vila velhaApós dois dias de transtornos e trânsito intenso por conta da greve dos rodoviários, a quarta-feira (05) foi de normalidade para os capixabas que dependem do sistema Transcol. Os ônibus voltaram a circular normalmente e as pessoas conseguiram chegar aos seus compromissos sem maiores problemas.

Com a anormalidade desta terça-feira (04), onde o máximo de coletivos nas ruas foi de 8% durante todo dia, os trabalhadores e patrões tiveram que usar a criatividade para poder manter o funcionamento das empresas. Caronas, corridas por aplicativo, horas em um ponto de ônibus, foram algumas das opções.

A operadora de caixa, Cirlene Gama, conseguiu chegar ao serviço por meio de uma carona dada por um colega de serviço. Mesmo assim ficou cerca de meia hora no ponto de ônibus esperando e não viu nenhum coletivo passar. Já o embalador, Cristiano Conte, passou mais de três horas no terminal de São Torquato esperando um coletivo –  ele chegou por volta das 7h e só conseguiu um ônibus que passasse próximo ao seu trabalho, que fica na Praia do Canto, em Vitória, perto das 10h30.

“Eu fiquei no ponto de ônibus até eles reabrirem o terminal, fui andando até lá e esperei mais uma hora até que algum ônibus saísse, o primeiro que saiu eu consegui pegar. Como estava sozinho e tinha muito trânsito não compensava pagar o valor de um uber “ Relata o embalador, que na manhã de hoje saiu um pouco mais cedo de casa para averiguar se realmente a situação tinha se normalizado e conseguiu pegar o ônibus em seu horário correto.

Três funcionárias de um supermercado que fica em Vitória e moram próximas também conseguiram chegar ao trabalho. O chefe delas pagou uma corrida de táxi de Itacibá até Jardim da Penha, que custou R$150, mas essa foi a única opção encontrada para que o estabelecimento  fosse aberto em seu horário normal.

Já a estagiária, Dayana Wagmaker, voltou para a casa, como sua carga horária de serviço é menor a espera não valia a pena. “Eu recebi uma ligação da minha supervisora pedindo que eu só fosse se houvesse ônibus, como eu esperei no ponto por quase uma hora e não passou eu voltei para casa”.

Na manhã desta quarta-feira o terminal de São Torquato manteve seu horário normal de funcionamento e todos os ônibus saíram corretamente, o fluxo de pessoas também se manteve alto como todos os dias úteis.  Apenas o trânsito na ponte Florentino Avidos que estava intenso no horário de pico, mas já era esperado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *