por Paulo Cesar Dutra

Qualquer que seja a ocasião, o presidente da República, Michel Temer (PMDB) aproveita o tempo para fazer o seu comercial. Ele considera essencial para o Brasil: a reforma da Previdência. A previsão é de que o texto seja votado no dia 19 de fevereiro de 2018. Mesmo durante evento, nesta quinta-feira (21), que tratava da liberação de recursos para obras de saneamento no Estado do Paraná, Temer voltou a tocar no assunto e mais uma vez cobrou apoio do Congresso Nacional. “Salvar a Previdência é salvar o país, salvar o Brasil. Por isso eu quero aproveitar a presença dos nossos deputados federais para dizer que neste mês de janeiro vamos continuar esclarecendo as questões da Previdência”, destacou o presidente.

 Ferrenho defensor da reforma, o deputado federal Darcísio Perondi (PMDB-RS) afirma que o governo vai aproveitar o recesso para tentar conquistar votos de parlamentares indecisos. “Os votos nós teremos em fevereiro. Temos 60 dias para trabalhar. A cada dia a população está sabendo que não muda para o idoso, não muda para o agricultor, não muda para o baixo salário. Essa reforma vai pegar o privilégio, os altos salários do serviço público”, disse o vice-líder do governo na Câmara.

Quem viver verá!
 
Há 70 anos o 1ª julgamento 
O Conselho de Justiça Militar do Espírito Santo realizou seu primeiro julgamento em 26 de fevereiro de 1948, na ocasião integrado pelo Juiz Auditor Eurípides Queiroz do Valle, pelo Presidente, o Major PM Humberto Maciel de Azevedo, Presidente; pelo 1º Juiz Militar, Capitão Médico Serymes Pereira Franco; pelo 2º Juiz Militar, o 1º Tenente PM Eurípides Andrade, e pelo 3º Juiz Militar, o 2.º Tenente PM Argeu Furtado de Almeida. Na ocasião o réu Nélson Contreiro foi absolvido da imputação no art. 181 do Código Penal Militar por 4 votos a 1, restando reconhecida a legítima defesa própria.
 
Prisão, ainda que tardia 
No caso do deputado federal Paulo Maluf, dir-se-á que é preciso ter comiseração com um idoso de 86 anos. É certo. Todavia, a decisão foi sendo protelada por ele próprio, com uso de recursos que, consoante ressabido, tornam o processo penal infindável. Chegada a hora de cumprir a pena, se o réu sobreviveu, deve cumpri-la. Ninguém aqui quer o sofrimento alheio, apenas o rigor da lei. É, pois, dura lex, sed lex.
 
Meio ambiente tem valor 
Cresce a relevância da proteção do meio ambiente em todos os seus aspectos diante do agravamento dos complexos problemas de degradação da qualidade ambiental desde a industrialização, culminando nos tempos atuais com os preocupantes fenômenos do aquecimento global e das mudanças climáticas, de difícil enfrentamento nos planos internacional, nacional e local
 
Abertura do decote 
Uma jovem advogada foi advertida no fórum de Uberlândia/MG, na última semana, pelo decote que usava. Segundo relato da causídica, ao entrar no fórum, o segurança afirmou que, a partir do dia seguinte, ela não poderia mais entrar no local com aquele tipo de vestimenta. Depois da confusão, o diretor do foro pediu desculpas e emitiu ordem para que ninguém tenha a entrada restrita naquele local devido à indumentária. Estamos numa democracia judiciária.
 
Zé Carlinhos vice 
Sabendo que o governador Paulo Hartung (PMDB) está no caminho de ser lançado oficialmente candidato a reeleição, o secretário chefe da Casa Civil, José Carlos da Fonseca Júnior, o Zé Carlinhos (PSD), não perdeu tempo e já lançou o seu nome como vice-governador.
 
Papai Maely Noel Coelho 
Tem muita gente sonhando e até colocando meias e sapatos nas janelas esperando que o empresário Maely Coelho cumpra seus compromissos financeiros e coloque alguma coisa nas meias e nos sapatos. Eu vou colocar meiões e botas cano-longo, na janela.
 
Prefeitura omissa 
A Prefeitura Municipal de Vitória está omissa em todas as áreas da Capital. A cidade que já foi referência nacional na limpeza urbana, está um lixo amontoado.
 
Falando sozinho 
O deputado estadual José Eustáquio de Freitas (PSB) é o único parlamentar da Assembléia Legislativa do Espírito Santo – ALES que fala. Os outros fingem que não ouvem, com medo de apartear o Freitas.
 
Livro bombástico
O ex-governador José Ignácio Ferreira está desenvolvendo o projeto de um livro bombástico sobre sua vida política, de arrepiar os cabelos. O lançamento está previsto para 2019. Quem viver verá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *