Reginaldo AlmeidaPor Paulo Cesar Dutra

O presidente estadual do PSC Jovem no estado do Espírito Santo, Patrick Oliveira reuniu a diretoria estadual do PSC no estado para discutir sobre as eleições desse ano. Patrick Oliveira em seu discurso afirmou estar muito animando com o quadro de pré- candidatos que o partido tem para as eleições em outubro, reforçando a pré-candidatura à deputado federal do Presidente Estadual do PSC-ES, vereador Reginaldo Almeida (foto).

“O PSC hoje tem todas as condições de voltar a ter representação na câmara federal e na assembleia legislativa, temos pré-candidatos com competência para exercerem os seus mandatos se eleitos”, afirmou Patrick.

São Pedro discute PDU de Vitória
A terceira audiência pública para apresentar à população e discutir sobre as propostas de alteração do Plano Diretor Urbano do Município de Vitória será realizada amanhã,  dia 01 de março, às 19 horas, na quadra da Praça Darcy José de Sá Filho (“Praça 3 de Maio”), localizada na Rua José Alves, em Goiabeiras. A participação será garantida a todo cidadão com o objetivo de discutir, debater e esclarecer as alterações propostas no Projeto de Lei nº 290/2017, que institui o PDU de Vitória. O debate será conduzido pelo Presidente da Comissão de Políticas Urbanas da Câmara de Vitória, vereador Davi Esmael (PSB).

O encontro vai reunir as entidades de classe e instituições que fazem parte do Conselho Consultivo do PDU, como Ordem dos Advogados, Ministério Público, Federação das Indústrias, Conselho de Arquitetura, Ufes, entre outros. Os representantes de cada entidade colaborarão com o debateO PDU é a lei que regulamenta como a cidade crescerá e se organizará em diversos aspectos, como por exemplo, as áreas para crescimento imobiliário e comercial, a altura de prédios, as zonas de proteção ambiental e diversas questões importantes. A cada 10 anos uma nova lei precisa ser discutida e aprovada, com participação plena da população.

O PDU é a lei que regulamenta como a cidade crescerá e se organizará em diversos aspectos, como por exemplo, as áreas para crescimento imobiliário e comercial, a altura de prédios, as zonas de proteção ambiental e diversas questões importantes. A cada 10 anos uma nova lei precisa ser discutida e aprovada, com participação plena da população.

STJ adia julgamento de Lula
O Superior Tribunal de Justiça (STJ) adiou para a próxima terça-feira, dia 6, o julgamento do habeas corpus do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT-SP). A previsão anterior era que o pedido fosse analisado pela Quinta Turma amanhã, amanhã, dia 1º quinta-feira.

Intervenção no RJ é farsa
Políticos, artistas e ativistas do Movimento #342 lançaram, ontem, terça-feira (27), uma campanha contra a intervenção federal no Rio de Janeiro. Em um vídeo de 4 minutos divulgado nas redes sociais, o grupo criticou o presidente Michel Temer, o seu partido, o MDB, e classificou a medida como uma “farsa” que terá como resultado “corpos nas calçadas”, e que tem o único objetivo de usar as Forças Armadas para “ganhar poder no ano eleitoral”.

Porandubas políticas
Atualmente, torna-se visível a formação de novos pólos de poder no país que, segundo o jornalista Gaudêncio Torquato, funcionam como respiradouros de grupos sociais, pois já não suportam ouvir as promessas da esfera política.

Coação
A Igreja Universal deverá pagar R$ 20 mil de danos morais a um casal e restituir os bens vendidos por coação para o pagamento de dízimos. A 3ª turma do Supremo Tribunal de Justiça – STJ manteve acórdão em caso no qual a mulher teria sido induzida pelos pastores a desfazer-se de seu patrimônio sob falsas promessas de retribuições divinas.

Vazando
A 2ª turma do Supremo Tribunal Federal – STF criticou ontem vazamentos de informações sigilosas constantes de acordos de colaboração premiada firmados com executivos da Odebrecht e determinou que a Procuradoria Geral da República – PGR preste esclarecimentos sobre possível investigação de violação de sigilo funcional.

Crime do sistema financeiro
A 1ª turma do Supremo Tribunal Federal – STF condenou ontem o senador Acir Gurgacz, de Roraima, a quatro anos e seis meses de reclusão, em regime inicial semiaberto, por desvio de finalidade na aplicação de financiamento obtido em instituição financeira oficial (artigo 20 da lei 7.492/86). Gurgacz também foi condenado ao pagamento de 684 dias-multa, fixado em cinco salários mínimos na data em que foi consumado o crime e à suspensão dos direitos políticos enquanto durarem os efeitos da condenação. Em relação à perda de mandato, a decisão caberá ao Senado.

Mãe e irmão de Geddel
O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou a aplicação de medidas cautelares contra o deputado federal Lúcio Vieira Lima (MDB-BA) e a mãe, Marluce Vieira Lima, no inquérito que investiga a origem de R$ 51 milhões apreendidos em setembro em um apartamento em Salvador.  Segundo as investigações, o apartamento onde foi feita a apreensão era usado como uma espécie de “bunker” pelo ex-ministro Geddel Vieira Lima, irmão de Lúcio.

Produtividade do trabalho
A produtividade no trabalho da indústria de transformação no Brasil cresceu 1,3% no quarto trimestre de 2017 frente ao trimestre imediatamente anterior e fechou o ano com um aumento de 4,5% em relação a 2016. Nos últimos dez anos, de 2007 a 2017, o indicador teve um crescimento de  8,4%, informa o estudo trimestral Produtividade na Indústria, divulgado nesta quarta-feira, 28 de fevereiro, pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *