Foto: Sesp-ES
Foto: Sesp-ES

Por Igor Cassio (redação@eshoje.com.br)

A polícia prendeu nesta quarta-feira (6) dois suspeitos de participar de uma quadrilha que sequestrou mãe e filha em Conceição da Barra, no Norte do Estado, na última quinta-feira (31). Entre os acusados está o cabo do Corpo de Bombeiros, Marcelo Veloso de Oliveira, de 44 anos.

Cabo do Corpo de Bombeiros  Marcelo Veloso de Oliveira é suspeito de participar do sequestro. (Foto: Sesp-ES/divulgação)
O cabo do Corpo de Bombeiros é suspeito de participar do sequestro. (Foto: Sesp-ES/divulgação)

De acordo com as investigações, a quadrilha é composta por Marcelo Veloso de Oliveira e Leandro Martins de Araújo que estão presos. Já José Maria Araújo e Gabriel dos Santos Filho estão foragidos.

Segundo os investigadores, se passando por policiais, três homens chegaram à residência em um Chevrolet Onix e invadiram a casa de um empresário para cumprir um suposto mandado de busca e apreensão. A quadrilha rendeu a família e um funcionário. Os suspeitos, que foram flagrados por câmeras de segurança, ficaram cerca de uma hora e meia na residência. Os criminosos levaram uma quantia em dinheiro que estava guardado em um cofre, além de joias e um cordão de ouro.

O bando fez com que a família saísse de casa, dizendo que os levaria na delegacia da cidade para prestar depoimento. O grupo pegou uma estrada de terra que liga Conceição da Barra a São Mateus na BR 101. No caminho, libertaram o empresário e o funcionário. Porém, a mulher e a criança continuaram sob posse dos homens.

O empresário e o funcionário se soltaram e foram à delegacia de Conceição da Barra para denunciar o caso. Foi então que iniciou uma perseguição pela BR 101. Policiais militares, civis e rodoviários federais foram mobilizados. Houve troca de tiros com os suspeitos, que conseguiram fugir. No veículo, que foi abandonado, a polícia encontrou armas e um HD com as imagens do vídeo monitoramento da casa das vítimas. Na manhã seguinte do sequestro, a mulher e a criança foram encontradas em um posto de gasolina em São Mateus.

Suspeitos

Leandro Martins de Araújo estava em um Ford Fiesta prata e foi identificado pelas câmeras de videomonitoramento da praça de pedágio de São Mateus. Ele foi preso na casa dele, em Cariacica.

Gabriel dos Santos Filho, 24 anos, que dirigia o Chevrolet Onix, está foragido. José Maria Araújo, 28, apontado como líder do bando, ainda não foi localizado pela polícia. Ele é acusado ter roubado o Mosteiro Zen Vagem Alta, em Ibiraçu, em 2010 e 2011. Em maio, ele fugiu do complexo penitenciário de Xuri, em Vila Velha, onde cumpria pena.

Os acusados ainda estariam envolvidos no roubo de carga da empresa de transporte aéreo Tam, que atualmente é administrado pela Latam. O roubo ocorreu em 2015, no Aeroporto de Vitória. Armados, eles renderam sete funcionários da companhia e fugiram com um carregamento de celulares avaliado em R$ 1,2 milhão.

Cometários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *