Lucas Rezende

Lucas Rezende é jornalista e titular da Coluna Fonte Grande, publicada de segunda à sexta. Notas e sugestões: fontegrande@eshoje.com.br

O presidente da Associação dos Oficiais Estaduais do Espírito Santo (Assomes/Clube dos Oficiais), tenente-coronel Rogério Fernandes Lima, vai tentar uma cadeira na Assembleia Legislativa. Decisão tomada, ele agora precisa decidir para qual cortejo cederá: PODEMOS, PSC ou Avante. O martelo batido não deve passar da próxima sexta-feira, segundo soube a coluna. O fato é: em carta aberta, Coronel Rogério, que já criou até logomarca para a campanha, se levantou já atirando no Governo: “É preciso combater a falta de diálogo”.

Eu tô fora
Paulo Hartung voltou a dizer por aí que vai indicar alguém de sua confiança para concorrer ao Palácio Anchieta.

Mas…
…tem quem acredite em Papai Noel.

Ou resolve ou resolve
O deputado Euclério Sampaio segue pedindo a instalação de telas na Terceira Ponte: “O povo já cansou de esperar por providências. Se o governo quer proteger a concessionária (Rodosol) que tem obrigação de colocar a proteção, então que se reúna com as grandes empresas poluidoras, que tanto fazem mal ao nosso meio ambiente, e as mesmas arquem com esse investimento”.

Só para ornamentar
No fim de semana que passou, mais de uma dezena de viaturas estavam enfileiradas na entrada de Domingos Martins. Todas paradas.

O imparcial
De uma gaiata com boa memória: “Moro alega excesso de trabalho para não julgar Beto Richa (do PSDB), mas abandona até as férias para impedir soltura do Lula”.

Entendeu, Moro?
Do advogado eleitoral e ex-Procurador Geral Antonio Carlos Pimentel: “Um desembargador do TRF-4 no exercício de sua competência entendeu de conceder liberdade ao ex-presidente alegando questões diversas das até agora apreciadas no caso. Errado é juiz de primeiro grau virar censor de desembargador. Se a liminar está errada que se recorra.”

Transferência de ódio
Toffoli é o novo Gilmar Mendes.

Alô, Vitória Moda
Não se faz semana de moda de relevância sem a presença dos editores de moda espalhados por esse Brasil. Minas Trend, DFB Festival e SPFW já entenderam isso e não é de hoje.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *