Pulseiras que os salva-vidas distribuem para as crianças

Estão abertas as inscrições para o processo seletivo simplificado para contratação de guarda-vidas temporários no município da Serra. As inscrições podem ser realizadas até o dia 14/09, para os candidatos que não têm o Curso de Formação de Guarda-Vidas, ministrado pelo Corpo de Bombeiros e até o dia 10//10/17 para os Candidatos que possuem o curso.

O local de inscrições é a Secretaria de Defesa Social, localizada na avenida Talma Rodrigues Ribeiro, 5.416, Pró-Cidadão, em Portal de Jacaraípe, das 9 às 16 horas.

Os interessados devem ter idade mínima de 18 anos, pelo menos o ensino fundamental completo, estar em dia com as obrigações eleitorais e com as obrigações militares, no caso dos candidatos do sexo masculino, entre outras exigências informadas no edital da seleção que se encontra em anexo.

São 92 vagas, com carga horária de 40 horas semanais em regime de escala de trabalho de 12h x 36h. A remuneração total será de R$ 1.440,00, composta por salário base de R$ 950,00, adicional de insalubridade de R$ 190,00 e auxílio alimentação no valor de R$ 300,00.

Os candidatos que tiverem as inscrições deferidas estarão classificados para a segunda etapa do concurso, composto pelo teste de aptidão física (TAF), que consiste em provas de corrida, barra, abdominal, natação, flutuação e apoio. O teste está previsto para acontecer entre os dias 20 e 23 de novembro.

Serviço: Inscrições para seleção de guarda-vidas temporários.

Período: 12/09 a 14/09 (Para os que não têm o Curso de Guarda-Vidas) e 12/09 a 10/11 (para os que possuem o curso).

Local de inscrições: Secretaria de Defesa Social da Serra. Avenida Talma Rodrigues Ribeiro, 5.416, Pró-cidadão, Portal de Jacaraípe, das 09 às 16 horas.

Cometários

  1. Sé espero que não façam a mesma coisa que fizeram com os pretendentes à Guarda Municipal.
    Seriedade e responsabilidade para com as pessoas e para com o bem público é o que precisamos!
    Por que não há incentivo para o turismo no município de Serra-ES?
    Em época de crise e desemprego, turismo forte gera muitos empregos!
    A cidade está parecendo com outras do estado do ES: farta distribuição de assistencialismo social e pouca geração de empregos!
    Mais exponencial e mais hipócrita do que o coronelismo da década de 30 do século passado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *