{'nm_midia_inter_thumb1':'http://www.eshoje.jor.br/_midias/jpg/2017/02/10/70x70/1_policia_civil-216784.jpg', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'589dbd80da04c', 'cd_midia':216785, 'ds_midia_link': 'http://www.eshoje.jor.br/_midias/jpg/2017/02/10/465x200/policia_civil_min_dbdf-216784.jpg', 'ds_midia': '', 'ds_midia_credi': 'Sesp-ES', 'ds_midia_titlo': '', 'cd_tetag': '3', 'cd_midia_w': '465', 'cd_midia_h': '199', 'align': 'Left'}A Polícia Civil faz uma operação na manhã desta sexta-feira (10) para recuperar veículos que foram roubados desde que a Polícia Militar parou de patrulhar as ruas do Espírito Santo. O movimento de aquartelamento começou na sexta (3) quando familiares e amigos de militares acamparam em frente a quarteis e batalhões impedindo a saída. Os policiais civis saíram da Chefatura de Polícia Civil, às 8 horas.
De acordo com informações da Secretaria de Estado da Segurança Pública (Sesp), a ação conta com o apoio da Delegacia Especializada de Tóxicos e Entorpecentes (Deten), Divisão de Repressão aos Crimes Contra o Patrimônio (DRCCP), Superintendência de Polícia Prisional (SPP) e Delegacia de Armas, Munições e Explosivos (Dame).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *