posse paulo hartung_dayana souza (287)Se as eleições fossem hoje os capixabas elegeriam Lula para presidente, Paulo Hartung (MDB) para governador e Amaro Neto para senador. Esses são dados, não registrados na Justiça Eleitoral, de um estudo feito por lideranças políticas para saber como os eleitores do Espírito Santo estão acompanhando os movimentos políticos locais.

Segundo o levantamento, os próprios moradores da Grande Vitória apontam como possíveis nomes para concorrer ao Governo do Estado o atual chefe do Poder Executivo estadual, bem como o vice-governador, Cesar Colnago (PSDB), o ex-governador, Renato Casagrande (PSB), os senadores Rose de Freitas (MDB) e Ricardo Ferraço (PSDB), o prefeito de Vila Velha, Max Filho (PSDB), e os ex-prefeitos de Vitória e Serra, respectivamente João Coser (PT) e Sergio Vidigal (PDT).

Como não se trata de uma pesquisa oficial, não se pode divulgar números, contudo o estudo aponta que em todos os cenários aparecem com vantagem Hartung e Casagrande.

Já para a corrida ao Senado Federal,  os nomes de Hartung e Ricardo são lembrados novamente, mas também estão frescas na memória do eleitor capixaba Amaro Neto e Magno Malta. Desses quatro, o estudo notou que Amaro tem grande destaque. E, que se o atual governador desistir de concorrer à reeleição, são grandes suas chances de voto para senador. No pleito de 2018 duas vagas deverão ser preenchidas no Senado Federal, uma vez que os representantes do ES, Ricardo e Magno, concluem oito anos de mandato. Já Rose de Freitas ainda tem mais quatro anos pela frente.

Sequer lembrado
Tido por diversas lideranças políticas nacionais como político preparado para concorrer à presidência da República, o nome do governador Paulo Hartung não se destaca entre os eleitores capixabas para este cargo. O estudo realizado para avaliar o comportamento dos votantes no Espírito Santo demonstrou que pessoas nacionalmente mais famosas estão na frente.

Os mais lembrados constam em relação que vai de Luciano Huck a Lula da Silva. Mas entre eles existem Jair Bolsonaro, Ciro Gomes, Joaquim Barbosa, Marina Silva, Geraldo Alkimin, Alvaro Dias e Rodrigo Maia.

Segundo pesquisa recente do Datafolha, uma semana após ter condenação por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, no caso do triplex no Guarujá (SP), Lula mantém liderança na corrida eleitoral. O líder petista tem entre 34% e 37% da preferência do eleitorado. Ele é seguido por Bolsonaro, Marina, Alkimin, Ciro, Álvaro Dias, Joaquim Barbosa e o apresentador Luciano Huck.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *