Foto: PMV
Foto: PMV

O novo estacionamento rotativo do bairro Santa Lúcia, em Vitória, começa a funcionar nesta segunda-feira (11). Os parquímetros estarão distribuídos nas ruas Constante Sodré, Eurico de Aguiar, Eugênio Netto, José Teixeira e Arnaldo Magalhães Filho.

Ao todo, serão ofertadas 250 vagas, devidamente estudadas e avaliadas pela Secretaria Municipal de Transportes, Trânsito e Infraestrutura Urbana (Setran). De acordo com o titular da pasta, Tyago Hoffmann, a região foi contemplada por concentrar muitos estabelecimentos de comércio e serviços.

Em relação aos valores a serem cobrados no rotativo, o usuário pagará R$1,20 por até 30 minutos. Até 1 hora, R$1,80; até 2 horas, R$ 2,40; e até 3 horas, R$ 3,50.

 De acordo com o secretário Tyago Hoffmann, os parquímetros já mostraram a sua utilidade para a organização do trânsito na cidade. “Após a implantação do estacionamento rotativo na região do Centro e da Praia do Canto, recebemos várias demandas das comunidades solicitando a implantação dos parquímetros em seus bairros. As pessoas perceberam como o estacionamento rotativo deixa o trânsito mais organizado”, destacou.

As novas vagas em Santa Lúcia integram a terceira fase de implantação dos parquímetros em Vitória, que já contemplou os bairros Bento Ferreira e Enseada do Suá (rua Duckla de Aguiar). Ainda este ano, farão parte do rotativo vias de Jardim da Penha e Cidade Alta.

Investimentos

Tyago Hoffmann lembrou que todos os recursos arrecadados pela Prefeitura Municipal de Vitória com as cobranças nos estacionamentos rotativos da cidade são revertidos em investimentos no trânsito. “Isso é previsto em lei. Não se pode utilizar essa verba para outro setor. É importante destacar que o dinheiro é aplicado em melhorias nos semáforos, pinturas e placas de Vitória”, pontuou.

O subsecretário de Trânsito, Anderson Barbosa, explicou que o município arrecada com os parquímetros em torno de R$ 116 mil, em média, por mês. Segundo ele, houve, este ano, um acréscimo na arrecadação por conta do aumento das áreas de rotativos.

Cometários

  1. porque os parquímetros não dão cupom fiscal , já que é uma arrecadação em dinheiro para uma empresa privada ? e onde essas faixas estão sendo pintadas e semáforos consertados ?
    o secretario poderia mostrar pois em santa lúcia e praia do canto temos varias ruas com buracos não asfaltadas e com sinalizações apagadas . por que não olham para santa lucia que é um dos bairros que não tem uma área de lazer e não tem nenhum beneficio por parte dos impostos pagos !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *