marataízesFoi assinada, na tarde desta sexta-feira (14), a Ordem de Serviço das Obras de Reurbanização e Mobilidade Urbana da Praia Central de Marataízes, no litoral Sul do Espírito Santo.  A ação é feita por convênio junto ao município, no valor de R$ 4,4 milhões.

Segundo o governo estadual, na região contemplada – de 3,5 quilômetros de extensão –, serão instalados dois quiosques e construídos ciclovia, calçadão, calçada cidadã, além de ser feita a revitalização de uma praça.

“Me recordo bem que, ainda no meu primeiro mandato, o mar avançava de maneira inclemente sobre a cidade. Ele estava destruindo tudo. Estive reunido com a comunidade em um hotel onde discutirmos uma solução para este desafio imposto pela natureza. Contratamos um instituto que veio trabalhar aqui e moldou esse protejo de proteção e engordamento da Praia Central. Colocamos de pé a obra. Hoje estamos dando dois passos. Agora estamos autorizando o início da urbanização e melhoria da Praia Central de Marataízes. Também trazemos uma outra notícia. Estamos liberando, ao todo, R$ 9,5 milhões para que a prefeitura possa executar a segunda fase e a parte final da urbanização da praia”, anunciou o governador Paulo Hartung.

A Ordem de Serviço consiste em reurbanização e melhoria da mobilidade urbana na orla da praia na Avenida Atlântica (6.419,70m²) e Praça Ricardo Gonçalves (6.898,52m²), sendo faixas elevadas nas ruas Jamil Cade (119,21m²), Mimoso do Sul (102,57m²) e Mario Rezende (94,63m²), e nas avenidas Miramar (1.768,91m²) e Governador Lacerda de Aguiar (132,71m²).

“A primeira vez que conversei com o prefeito, me apresentou o projeto e levei para o governador. Ele me disse para avisar que não tínhamos condições de fazer com o valor todo, na época, mas deu a palavra de que assim que pudéssemos faríamos o restante do convênio. Administração pública não pode dar passo maior que a perna. Mas o governador Paulo Hartung dá o passo do tamanho da perna”, destacou o secretário de Estado de Saneamento, Habitação e Desenvolvimento Urbano, Marcelo de Oliveira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *