Foto: PRF-ES
Foto: PRF-ES

Apenas nove equipes de ronda para fiscalizar cerca de 900 KM de rodovias no Espírito Santo. O Assunto veio à tona após mais uma tragédia na BR 101, desta vez em Mimoso do Sul, no domingo (22), que deixou 11 pessoas mortas.

Segundo o presidente do Sindicato dos Policiais Rodoviários Federais no Espírito Santo (SINPRF-ES), Gustavo Telles, cada equipe de ronda é composta por dois agentes, um total de 18 policiais por dia.

No Espírito Santo, o efetivo é de 250 policiais rodoviários federais, sendo que 100 atuam na parte administrativa.  A parte operacional é feita por 150 homens que trabalham em regime de revezamento, entre as rondas nas rodovias e os sete postos da PRF no Estado, localizados nos municípios da Serra, Viana, Guarapari, Itapemirim, São Mateus, Linhares e Ibatiba.

“O efetivo reduzido e muito revezamento, geralmente tem ficado um policial em cada posto. O posto tem sido um ponto de apoio para o motorista que precisa parar ou para o policial. Em termos de fiscalização está muito prejudicado. Os postos estão praticamente abandonados”, frisou Telles.

Fora isso, 15 policiais são cedidos mensalmente para ações no Rio de Janeiro, desfalcando ainda mais as atuações nas estradas capixabas.  O presidente estima que o ideal para rondas no Estado fossem de, no mínimo, 18 equipes, o dobro do existente hoje. No total, o ideal para atender tanto a parte administrativa quanto a operacional seriam 400 homens.

O presidente do sindicato comenta que o déficit no quadro da Polícia Rodoviária Federal não é exclusivo do Espírito Santo, mas a nível Brasil. Ele frisou que por lei deveriam ter 13 mil policiais rodoviários, porém, são menos de 10 mil agentes. Além disso, cerca de 3.500 já estão em condições de aposentadoria.

“A demanda principal é que seja realizado concurso público. Somete assim temos condições de prestar um serviço melhor ainda sociedade capixaba”, concluiu.

Por nota, a PRF-ES destacou que apesar de não contar com o efetivo ideal, atua de forma intensa nas rodovias federais e que houve resultado expressivos obtidos.  Do início de 2017 até 11 de setembro foram emitidas 405 multas de excesso de peso e foram retirados de circulação 2.680.389 kg de excesso de peso das rodovias federais capixabas.

A nota destaca ainda que o veículo causador do acidente no domingo (10), em Mimoso do Sul, também foi autuado pela PRF 24 vezes e, desde que está em nome da proprietária atual, 13 vezes. Também o condutor desse caminhão foi autuado pela PRF 11 vezes desde 2015. “Reafirmando nosso objetivo de manter a segurança nas BRs do ES e no cumprimento da missão de preservar vidas”, finaliza.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *