O japonês Kei Nishikori enfrentou bastante dificuldade, mas confirmou o favoritismo e avançou às semifinais do Torneio de Metz, na França. Nesta sexta-feira, o cabeça de chave número 1 derrotou o georgiano Nikoloz Basilashvili por 2 sets a 1, com parciais de 6/3, 4/6 e 6/4.

Em dia bastante complicado no serviço, Nishikori sofreu e chegou a ter o saque quebrado em três oportunidades. Por outro lado, atacou o cabeça de chave número 5 e aproveitou cinco dos 12 break points que teve para fechar o duelo em pouco mais de duas horas de partida.

Com o resultado, o 12.º colocado do ranking ficou a duas vitórias do título em Metz. Agora, ele vai encarar o alemão Matthias Bachinger. Vindo do qualifying, o tenista número 166 do mundo surpreendeu seu compatriota Yannick Maden nesta sexta ao vencer por 2 sets a 1, com parciais de 6/3, 2/6 e 6/4.

Do outro lado da chave, o francês Gilles Simon é o último tenista da casa ainda vivo no Torneio de Metz. Nesta sexta, o número 39 do ranking passou por seu compatriota Richard Gasquet por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/4) e 6/2. Agora, ele vai encarar o moldávio Radu Albot, que eliminou o lituano Ricardas Berankis também em dois sets: 7/6 (7/4) e 6/4.

Estadao Conteudo
Copyright © 2018 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *