sobrancelhasA neutralização de sobrancelhas permite, além de corrigir um designer indesejado, mudar a cor utilizada anteriormente, adequando ao tom do pelo e pele.

Infelizmente, não é incomum encontrarmos mulheres insatisfeitas com os resultados dos procedimentos estéticos aos quais se submeteram. Muitas gastaram dinheiro e energia para pagá-los e se dão conta de que foram realmente lesadas.

No caso das sobrancelhas, são recorrentes os erros na hora de fazer a micropigmentação. “O processo é muito delicado e específico, nem todos estão de fato habilitados para realiza-lo. Quanto acontece o erro é preciso recorrer a especialistas que saibam como melhorar o quadro de verdade e corrigir o erro para que a sobrancelha seja recuperada”, disse a dermomicropigmentadora, Penha Arraz.

Em muitos casos, além de não ocorrer a melhora desejada, acontece piora considerável do quadro. A boa notícia é que existem técnicas disponíveis no mercado para reduzir os danos provocados por uma técnica mal sucedida, a mais moderna, e que preserva a pele da cliente, sem maiores agressões, hoje é a neutralização de sobrancelhas. “O objetivo é amenizar e até corrigir o trabalho mal feito do profissional anterior, ou que realmente não tenha agradado, promovendo um resultado que combine perfeitamente com a pele e as demais características da pessoa”, disse Penha Arraz.

Entre as técnicas disponíveis atualmente que atendem a esta demanda estão a despigmentação, a camuflagem e a neutralização, obviamente. Com essa última o especialista procura utilizar um pigmento de correção na cliente. “A neurtralização de sobrancelhas permite trabalhar e mudar a cor utilizada anteriormente, utilizando da colorimetria para chegar a uma combinação que ofereça ao cliente o visual que de fato pretendia ter”, disse Penha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *