O médico da seleção brasileira, Rodrigo Lasmar, afirmou que não considera uma lesão importante o problema que tirou Neymar da vitória do Brasil sobre Camarões por 1 a 0, em Milton Keanes, nos arredores de Londres, nesta terça-feira. O atacante saiu no início da partida e foi substituído por Richarlison.

“Ele sentiu um desconforto na região da virilha, na região direita. Saiu se queixando de um desconforto, foi avaliado e já começou o tratamento. Ele vai precisar de um pouco de tempo para melhor avaliação, uma exame de imagem. A princípio, não é uma lesão importante”, afirmou Rodrigo Lasmar.

Neymar teve um bom início de jogo, mas sentiu a contusão após uma finalização. Ele saiu de campo andando com dificuldade e permaneceu no banco de reservas por alguns instantes, mas logo foi para os vestiários.

A saída de campo vira uma preocupação para o seu clube, o Paris Saint-Germain. Dentro de uma semana, o time encara o Liverpool em duelo decisivo pela fase de grupos da Liga dos Campeões. No sábado, o PSG encara o Toulouse pelo Campeonato Francês. O especialista preferiu evitar prognósticos sobre o tempo de recuperação. “O importante é aguardar as próximas 24 horas”, disse Lasmar.

Curiosamente, outro jogador do PSG se contundiu nesta terça-feira. Mbappé, parceiro de Neymar, caiu sobre o próprio ombro em lance em que tentou driblar o goleiro Campaña na partida diante do Uruguai e teve de ser substituído no primeiro tempo. A joia francesa ainda fará exames para definir a gravidade da contusão.

Estadao Conteudo
Copyright © 2018 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *