Programa é realizado em outros estados do país, como o Rio Grande do Sul
Programa é realizado em outros estados do país, como o Rio Grande do Sul

Cinquenta mulheres dos bairros Jardim Carapina e Boa Vista, na Serra, vão ser treinadas pela Secretaria de Defesa Social do município (Sedes) para identificar situações de violência em seus bairros, propor a resolução de conflitos e orientar outras mulheres sobre como sair de uma situação de violência doméstica.

É o projeto Mulheres da Paz, por meio do qual as 50 selecionadas serão treinadas a serem líderes e mediadoras entre a comunidade e a prefeitura no enfrentamento da violência contra outras mulheres e jovens.

As inscrições gratuitas para participar do processo seletivo do Mulheres da Paz começam na próxima segunda-feira (18) e vão até sexta-feira (22). As participantes precisam ter, no mínimo, 18 anos; serem moradoras de Jardim Carapina ou Boa Vista e apresentar comprovante de renda familiar de até dois salários mínimos, entre outros requisitos.

A bolsa-auxílio é de R$ 190 para participar da formação e o trabalho delas será: identificar situações de conflito e vulnerabilidade social; visitar e acompanhar dez famílias do seu território; realizar palestras e oficinas que estimulem a cultura da paz; e orientar mulheres vítimas de violência sobre a Lei Maria da Penha, entre outros.

As inscrições devem ser feitas de segunda a sexta-feira, das 8 às 12 horas e das 14 às 17 horas, no Cras/Cai, que fica na rua Salvador, s/n, Jardim Carapina. O resultado final será divulgado no dia 17 de julho e o treinamento começa no dia 6 de agosto.

Jovens

Outro projeto da Sedes é o Protejo, por meio do qual 75 jovens de 15 a 24 anos, também moradores de Jardim Carapina e Boa Vista, vão ser selecionados para ajudar a prevenir e a reduzir a violência em suas comunidades.

Os jovens selecionados vão participar de um curso de formação que inclui aulas de qualificação profissional; teatro, dança e música; informática; sexualidade; prevenção ao uso de drogas, entre outras. Ao participar, os jovens vão receber uma bolsa-auxílio de R$ 100 mensais.

As inscrições gratuitas para o processo seletivo serão realizadas dos dias 25 a 29 de junho, no Cras/Cai, que fica na rua Salvador, s/n, Jardim Carapina. O atendimento é de segunda a sexta-feira, das 8 às 12 horas, e das 14 às 17 horas. O resultado final será divulgado no dia 19 de julho e o treinamento começa no dia 6 de agosto.

O diretor do Departamento de Segurança Pública (Desep), setor da Sedes responsável pela elaboração e coordenação dos projetos, Wemerson Nogueira, explica que a secretaria já está se preparando.

A empresa Gradux vai executar os dois projetos por meio de uma equipe multidisciplinar. “Apresentamos à empresa os parâmetros nacionais dos dois projetos e discutimos questões relativas à seleção da equipe técnica e do curso de capacitação à qual ela será submetida”, explica Nogueira.

Os dois projetos são realizados em parceria com o governo federal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *