EscadariaOs integrantes do Grupo Comunidade em Ação em parceria com os alunos da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Silvio Rocio, revitalizaram a escadaria da Igreja Católica Nossa Senhora das Graças, em Vila Velha. O mutirão foi realizado nesta terça-feira, dia 5, e contou com a coordenação artística do grafiteiro Starley Bonfim Silva. Foi feita a limpeza do local e pintura da escadaria, com frases de incentivo, promoção e conscientização relacionadas ao meio-ambiente.

A revitalização da escadaria, que fica na rua Santa Terezinha, tem o objetivo de sensibilizar os moradores da região em relação ao descarte irregular de lixo no local, o que pode trazer doenças à população, pois atraem baratas, ratos, moscas e mosquitos, incluindo o Aedes aegypti, vetor de doenças como dengue, febre amarela, chikungunya e zika vírus.

O mutirão é uma iniciativa do Grupo Comunidade em Ação, formado por moradores dos bairros Paul, São Torquato e Ataíde, de Vila Velha, e que tem suas atividades coordenadas pela Fundação Otacílio Coser (FOCO). Desde 2013 atua por melhores condições socioambientais na região da bacia do rio Aribiri, formada por 22 bairros e por uma população aproximada de 89 mil habitantes.

“Além das pinturas, há a intenção de fazer no futuro grafites nas laterais da escadaria.  A ideia é valorizar o espaço através da arte, conscientizando os moradores sobre sustentabilidade e preservação ambiental”, explica Geraldo Gomes, coordenador do Comunidade em Ação.

De acordo com a diretora da Silvio Roccio, a participação dos estudantes no mutirão faz parte de uma das atividades do programa Rede Escolaí, programa que também é coordenado pela FOCO e propõe a articulação da comunidade educativa (escola, comunidade e família) para criar em conjunto soluções para seus problemas. “A escadaria da Igreja Católica de São Torquato faz a ligação de locais importantes para a comunidade. Ela é o ponto de chegada de vários alunos para a Silvio Roccio e também para a Igreja e está em situação degradante”, esclarece Eliana.

A escadaria tem mais de 70 degraus, mais de 40 metros de comprimento e 2 metros de largura.

FOCO
O mutirão de revitalização da escadaria da Igreja Católica de São Torquato é coordenado pela Fundação Otacílio Coser (FOCO) e representa um grande avanço na missão de promover o desenvolvimento sustentável de comunidades ao intermediar a integração de dois de seus programas:  o Rede Escolaí, através da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Silvio Rocio, e de Desenvolvimento de Comunidades Sustentáveis, através do Grupo Comunidade em Ação.

O objetivo da cooperação entre esses programas, até então inédita, é a formação de capital social, transversalidade e, claro, o desenvolvimento de comunidades autônomas. A coordenadora de programas da FOCO, Ana Paula Carvalho, comemora essa sinergia. “Tanto o Rede Escolaí quanto o Grupo Comunidade em Ação têm características que favorecem a consolidação de competências coletivas. Essa articulação da comunidade leva para o caminho da autonomia sustentável e é um belo exemplo”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *