Por: Esthefany Mesquita

Manifestação contra terceirização de trabalho do Hospital Estadual de São José do Calçado (HESJC) acontecerá nesta quinta-feira (10), no Centro do município. De acordo com o Diretor do Sindicato dos Trabalhadores de Saúde do Espírito Santo (Sindsaúde), Valdecir Gomes Nascimento, cerca de mil pessoas devem participar do ato. A tarde será feita uma passeata saindo do hospital até a Câmara dos Vereadores.

Segundo o diretor do Sindsaúd, o governo do Estado está substituindo servidores públicos por empresa terceirizada em setores como lavanderia do hospital, sala de raio-X e agência onde funciona o banco de sangue da unidade e isso estaria comprometendo o atendimento e a qualidade do serviço. “Aqui já foi referência no município em traumas, hoje se um paciente precisar de sangue tem que solicitar o Hemoes. O estado está acabando com o hospital fazendo a terceirização sabendo que temos profissionais aqui”, disse Nascimento.

Nascimento informou que há cerca de sete meses que a mudança está afetando os pacientes e funcionários do HESJC, A farmácia funciona pela parte da manhã e depois das 17h o local fecha. Depois desse horário, apenas os enfermeiros têm acesso. “O estado alega que está fazendo melhorias no atendimento, mas o hospital agora está praticamente vazio, o atendimento caiu. Saúde não é mercadoria!”, destacou.

Nascimento destaca ainda que outros três hospitais vão passar pela terceirização. O Hospital Doutora Rita de Cássia, em Barra de São Francisco, Hospital Estadual Roberto Arnizaut Silvares, em São Mateus e Hospital e Maternidade Sílvio Alvidos, em Colatina.

A Secretaria do Estadual de Saúde (Sesa) não respondeu até o fechamento da matéria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *