Os mercados acionários da Europa fecharam majoritariamente em queda nesta segunda-feira, 21, pressionados por novos sinais de desaceleração global após dados da China, enquanto investidores acompanham as negociações do Brexit.

Durante a madrugada, a China divulgou que seu Produto Interno Bruto (PIB) cresceu 6,6% em 2018, resultado mais fraco desde 1990.

O indicador se mostrou em linha com a meta do governo chinês para o ano passado, de expansão em torno de 6,5%, mas evidencia a necessidade de que Pequim continue a oferecer estímulos à segunda maior economia do mundo.

Além disso, como era esperado, a primeira-ministra britânica, Theresa May, protocolou um projeto de lei “neutro” e “emendável” do acordo do Brexit na Câmara dos Comuns do Reino Unido.

A líder conservadora afirmou, ainda, não acreditar que haja apoio majoritário no Parlamento à realização de uma segunda consulta popular sobre a decisão de deixar a União Europeia.

May também reforçou ser “muito improvável” que a União Europeia (UE) aceite a extensão do Artigo 50, um adiamento da data de saída do Reino Unido do bloco, sem que receba um “plano claro” para chegar a um acordo.

“Embora as expectativas para qualquer tomada de novos caminhos hoje não fossem altas, houve muito pouca mudança substancial na posição da premiê”, avalia o economista do JPMorgan Malcolm Barr. Para ele, ainda não parece provável que o Parlamento se mova para conseguir uma segunda consulta popular sobre o Brexit.

“Uma emenda, quer diretamente tentando descartar ‘nenhum acordo’ e/ou criando tempo para o Parlamento debater e votar sobre a legislação, dando à Câmara a capacidade de forçar o Executivo a buscar uma extensão do Artigo 50, parece mais provável que obtenha uma maioria”, avalia.

Em meio ao cenário, marcado também pelo feriado que manteve os mercados fechados nos Estados Unidos, o DAX, da Bolsa de Frankfurt, recuou 0,62%, a 11.136,20 pontos, enquanto o CAC 40, de Paris, cedeu 0,17%, a 4.867,78 pontos.

Já o FTSE MIB, de Milão, fechou em queda de 0,35%, ao passo que o Ibex 35, de Madri, caiu 0,17%, a 9.053,80 pontos. Em Londres, o FTSE 100 avançou 0,03%, a 6.970,59 pontos, e o PSI 20, em Lisboa, subiu 0,38%, a 5.087,36 pontos.

Monique Heemann
Estadao Conteudo
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *