linharesEm breve a população capixaba irá contar com mais uma unidade da Rede Cuidar. Nesta quinta-feira (17), o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde, assinou o termo de concessão de uso do imóvel da Rede Cuidar em Linhares.

A Rede Cuidar é um novo modelo de atenção à saúde pública, com atendimento mais humanizado, e já está em funcionamento em Nova Venécia, desde setembro de 2017, e em Santa Teresa, desde abril de 2018. A implantação na região Central do Espírito Santo é mais um passo para promover a oferta de atendimento humanizado e especializado para a população do interior do Estado perto de casa, evitando o deslocamento para a Grande Vitória, em busca de consultas e exames.

A unidade em Linhares irá atender 301.535 moradores de 10 municípios que aderiram ao programa: Águia Branca, Alto Rio Novo, Governador Lindenberg, João Neiva, Linhares, Marilândia, Rio Bananal, São Domingos do Norte, Sooretama e Vila Valério.

Estiveram presentes na solenidade o governador Paulo Hartung, o secretário de Estado da Saúde, Ricardo de Oliveira, os prefeitos das 10 cidades que serão atendidas pela unidade, secretários municipais de saúde, diretores de hospitais da rede estadual, entre outras autoridades.

O governador destacou que a assinatura do termo de concessão de posse do imóvel é mais um passo importante na proposta de reorganização do atendimento em saúde que tem sido feito pelo Governo do Estado.

“É um passo importante para o interior do nosso Estado. Nós estamos aproximando a contraprestação do serviço no interior. Mas é um passo muito importante também para a Grande Vitória, pois quando se amplia o serviço no interior, se retira a pressão sobre os nossos serviços na Grande Vitória e, consequentemente, nós vamos melhorar a qualidade e a efetividade dos serviços que vamos prestar. Estou muito feliz. Isso aqui é um arranjo federativo e não tem dono. É uma obra coletiva. Estamos unindo as prefeituras com o Governo do Estado e com o Governo Central. É melhor cooperar do que competir”, disse o governador.

O secretário Estadual da Saúde, Ricardo de Oliveira, apresentou aos presentes os passos já dados para a implantação da Rede Cuidar em Linhares, os valores de investimentos e apontou quais serão os próximos passos para o avanço do projeto na região. Ele ressaltou que o sucesso da Rede Cuidar tem se dado por conta de levar o serviço de saúde para perto das pessoas e comentou que tem recebido muitos elogios de usuários das unidades que já estão em funcionamento em Nova Venécia e Santa Teresa.

Ele destacou que para conseguir oferecer um atendimento em saúde de qualidade é preciso reorganizar a rede de atenção de forma regionalizada, e é essa a proposta da Rede Cuidar.

“Esse projeto de reorganizar a rede de atenção ela é regionalizada, ou seja, vamos trabalhar sempre em conjunto com os municípios da região para reorganizar. Estamos pensando na região de saúde. Temos que pensar em organizar nossos serviços de saúde a partir de parcerias, olhando regionalmente. E a Rede Cuidar está sendo pensada nessa lógica.

De acordo com o prefeito de Linhares e presidente da Associação dos Municípios do Estado do Espírito Santo (Amunes), Guerino Zanon, a expectativa dos prefeitos da Região Central é muito grande para a chegada da Rede Cuidar na região.

“A minha expectativa, a dos envolvidos no projeto e dos outros nove prefeitos é muito grande. Há muitos anos a gente luta pela descentralização dos serviços na saúde, pois não podemos aceitar mais ver os transportes que são feitos pelas madrugadas trazendo pacientes dos mais longínquos municípios para a região central. E o Governo do Estado tem mostrado que é possível inverter essa lógica dentro de investimentos, dentro de planejamentos que o Estado tem feito com os municípios. Vamos oferecer os serviços de saúde mais próximos do cidadão. Isso não é para atender uma vontade política ou administrativa de um ou outro prefeito ou do governador, mas para atender aos anseios da nossa sociedade”, destacou.

Linhas de cuidado

A Rede Cuidar em Linhares irá oferecer atendimento nas linhas de cuidado Saúde da Mulher e da Criança, incluindo propedêutica de câncer de mama e de colo de útero, e também a linha de cuidado Doenças Crônicas, atendendo pacientes com hipertensão e diabetes de alto e muito alto risco.

Serão oferecidos 106.941 procedimentos por ano. Deste total, serão oferecidas 19.051 consultas por ano nas especialidades de obstetrícia, pediatria, mastologia, ginecologia, cardiologia, angiologia, nefrologia e endocrinologia.

Também serão realizados no local os exames de ultrassonografias, mamografias, ECG, biópsias, colposcopias, eletrocauterizações, teste ergométrico, ecocardiograma, ECG, MAPA, HOLTER, fundoscopia, retinografia, laserterapia, doppler manual, totalizado 15.835 exames por ano.

A unidade também contará com atendimento multidisciplinar, com assistente social, nutricionista, enfermagem, farmacêutico, fisioterapeuta, técnico de enfermagem e psicólogo.

Rede Cuidar

A Rede Cuidar propõe a reorganização do atendimento no sistema de saúde pública do Espírito Santo, desde a porta de entrada na unidade de saúde do município, passando pelas consultas e exames até a rede hospitalar. Entre os benefícios para a população estão o atendimento mais próximo do local de moradia do cidadão, evitando o deslocamento para a Grande Vitória; aumento da oferta de consultas e exames; redução do tempo de espera para consultas e exames; atendimento personalizado e humanizado; integração das equipes da atenção primária às equipes da atenção especializada, garantindo um atendimento multiprofissional capaz de resolver até 95% dos problemas de saúde da população em sua própria região.

Estão previstas a implantação de cinco unidades da Rede Cuidar em todas as regiões do Estado. As unidades estão localizadas em Nova Venécia (em funcionamento), Santa Teresa (em funcionamento), Guaçuí, Linhares e Domingos Martins. Com a implantação das cinco unidades, a estimativa é que 1 milhão de pessoas deixem de ser direcionadas para atendimento na Grande Vitória.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *