Juliana Salles, mãe das crianças mortas em incêndio, ao lado marido e pastor George Salles. Foto: Reprodução / Facebook
Juliana Salles, mãe das crianças mortas em incêndio, ao lado marido e pastor George Salles. Foto: Reprodução / Facebook

A justiça concedeu liberdade provisória a Juliana Pereira Sales Alves, mãe dos irmãos  Joaquim Alves, de 3 anos, e Kauã Salles Burkovsky, de 6 anos, encontrados carbonizados em Linhares.

A justiça aceitou o pedido após um pedido da defesa. No entanto, as 18h50 desta quarta-feira (7), a Secretaria Estadual de Justiça (Sejus) informou que Juliana continuava presa no Centro Prisional Feminino de Cariacica (CPFC).

A reportagem tentou contato com a advogada Milena Freire, que defende Juliana e Georgeval Alves, também preso pelo crime, mas não obteve retorno. Não há mais detalhes sobre o caso porque o processo tramita em segredo de justiça

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *